Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

José Maria Ricciardi pode estar de saída do Haitong Bank

Não se sabe ainda os motivos que estão por detrás da eventual não recondução de Ricciardi ou se este vai deixar a liderança do banco por iniciativa própria, avança o “Público” esta sexta-feira

José Maria Ricciardi pode estar de saída do Haitong Bank, avança o “Público” esta sexta-feira. Esta informação foi veiculada por fonte do setor financeiro ao matutino, mas ainda não foi confirmada pela própria instituição.

Segundo o “Público”, o acionista chinês do Haitong Bank deverá, nas próximas semanas, anunciar várias alterações nos órgãos sociais da instituição. Tendo em conta que o mandato de Ricciardi como número um do banco de investimento termina em março de 2017, é possível que o banqueiro português abandone o cargo. Mais: o Haitong Bank já deu sinais de até final de dezembro pretender apresentar às autoridades portuguesas a composição da nova gestão.

Não se sabe ainda os motivos estão por detrás da eventual não recondução de Ricciardi ou se este vai deixar a liderança do banco por iniciativa própria.

No início desta semana, fonte oficial do Haitong Bank, contactada pelo “Público”, afastou liminarmente a possibilidade de saída de Ricciardi. Porém, no meio financeiro, a provável mudança de cadeiras no Haitong é dada como estando a ser ultimada.

A confirmar-se esta decisão, será o fim do braço-de-ferro que o administrador com o pelouro financeiro, Mo Yiu Poon, mantém há vários meses com José Maria Ricciardi. Esta tensão é vista dentro da empresa como um choque de culturas.