Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Domingues ajuda Paulo Macedo na transição de papéis dentro da Caixa

Mário Cruz / Lusa

António Domingues e Paulo Macedo terão se encontrado na sexta-feira passada, já depois de o Ministério das Finanças ter confirmado oficialmente o nome do ex-ministro da Saúde como novo líder do banco público, apurou o “Jornal de Negócios”

António Domingues, o presidente demissionário da Caixa Geral de Depósitos, e Paulo Macedo, o novo líder do banco do Estado, já tiveram um primeiro encontro com o objetivo de começar a preparar a passagem de pastas, avança o “Jornal de Negócios” esta terça-feira. O encontro terá ocorrido na sexta-feira passada, já depois de o Ministério das Finanças ter confirmado oficialmente o nome de Macedo como novo líder do banco público, apurou o matutino.

Tanto para Macedo como para Domingues, a principal preocupação neste momento é não por em causa a capitalização do banco do Estado e a execução do plano de negócios em que assenta o reforço de solidez. É importante para ambos que não existam percalços neste processo.

Segundo o “Negócios”, até ao final de dezembro, data em que Domingues abandona oficialmente o cargo de presidente da Caixa, deverão ocorrer novos encontros entre os dois gestores. Macedo ficará responsável por concretizar o plano delineado pelo seu antecessor para a recapitalização da Caixa, sendo que a primeira parte desta operação será concretizada ainda por António Domingues.

Até ao final do ano, a Caixa irá receber 1.460 milhões de euros. Já em 2017, quando Macedo estiver no leme do banco público, irão entrar mais 2.700 milhões de euros e serão colocados junto de privados cerca de 500 milhões de euros em dívida perpétua.