Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Idade da reforma vai aumentar dois meses até 2018

Quem se reformar antecipadamente em 2017 irá sofrer uma penalização de 13,88%, por via da atualização do fator de sustentabilidade. Este valor corresponde a uma agravação de 0,54% face a 2016, devido ao aumento da esperança média de vida

A esperança média de vida aumenta, a idade da reforma também: é esta a regra. Em 2017, a idade de reforma vai aumentar um mês, e no ano seguinte também, de acordo com os dados da esperança média de vida aos 65 anos divulgados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística. Desta forma, em 2018, a idade da reforma passará a estar nos 66 anos e quatro meses. A notícia é avançada o “Correio da Manhã” esta terça-feira.

Quem se reformar antecipadamente em 2017 irá sofrer uma penalização de 13,88%, por via da atualização do fator de sustentabilidade – o que corresponde a uma agravação de 0,54% face a 2016, devido ao aumento da esperança média de vida. Para além desta penalização de 13,88%, quem se reformar mais cedo tem ainda um agravamento de 0,5% por cada mês de antecipação.

Entretanto, o ministro da Segurança Social, Vieira da Silva, já veio a público anunciar que vai rever a fórmula de cálculo do “fator de sustentabilidade”, agravado pelo Governo de Passos Coelho. Para o economista da CGTP Eugénio Rosa, o Governo deve aproveitar a revisão para corrigir a "injustiça, a penalização que decorre da aplicação do fator não tem em conta a idade do contribuinte, o que cria desigualdades”, disse ao matutino.