Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Equipa de gestão da Caixa queria fechar recapitalização em dezembro

Luis Barra

Gestão da Caixa queria chegar ao final da segunda semana de dezembro com o processo de recapitalização, mas o Governo já disse que só para o ano

De forma a evitar um Orçamento retificativo, o Governo de António Costa escolheu adiar a recapitalização da Caixa Geral de Depósitos para 2017. Mário Centeno fez o anúncio na sexta-feira. Porém, se dependesse da equipa de gestão da Caixa, conta o “Correio da Manhã” esta quarta-feira, a recapitalização estaria fechada até à segunda semana de dezembro.

Fontes próximas do processo garantiram ao jornal que “se dependesse exclusivamente da Caixa chegar-se-ia ao final da segunda semana de dezembro com tudo fechado”.

Mas os formalismos associados ao processo vieram criar atrasos: a conversão dos CoCo’s, a redução do capital para encorpar as reservas negativas do banco e a negociação com Bruxelas empurraram a injeção de dinheiro fresco no banco para o final do 1º trimestre de 2017.

Ao mesmo tempo, houve ainda alguma pressão das Finanças para que a operação fosse apenas contabilizada em 2017, apurou o “CM” junto das mesmas fontes. Com esta mudança, foi posta de lado a apresentação de um orçamento retificativo, algo importante para Mário Centeno.