Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Aguiar da Beira: mulher baleada está em “estado crítico”

  • 333

MIGUEL PEREIRA DA SILVA / Lusa

O militar da GNR com 41 anos também atingido por disparos na madrugada de terça-feira encontra-se “estável” e o seu estado regista uma “boa evolução”

A mulher encontrada num veículo em Aguiar da Beira, juntamente com o marido já falecido, após dois assaltantes terem morto um GNR e ferido outro, está em “estado crítico” e tem “prognóstico reservado”, apurou o Expresso junto do Centro Hospitalar de Viseu esta quarta-feira. À vítima, do sexo feminino, foi diagnosticado “um traumatismo crânio encefálico grave”, diz Miguel Sequeira, diretor do serviço de Urgência.

O militar da GNR com 41 anos apanhado de surpresa na mesma madrugada, enquanto fazia uma operação de rotina de patrulhamento com o seu colega Carlos Caetano, 29 anos, encontra-se neste momento “estável” e está a registar uma “boa evolução”.

Durante a tarde desta terça-feira, mais um militar da GNR ficou com ferimentos ligeiros na perseguição aos suspeitos, em São Pedro do Sul. Levado até ao Centro Hospitalar de Viseu, este guarda “teve alta no próprio dia”.

A GNR informou esta manhã os residentes de três pequenas localidades do concelho de São Pedro do Sul, onde decorrem buscas para encontrar o suspeito dos crimes de Aguiar da Beira, que podem retomar as suas atividades. Estão no terreno mais de 200 militares e reforços da Polícia Judiciária.

“A GNR tem presente no local um forte dispositivo que pretende garantir, em primeiro lugar, a segurança de todos os habitantes”, refere uma nota da corporação.