Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Falha de segurança no aeroporto. Argelino fura controlos de segurança e desaparece em Lisboa

  • 333

José Carlos Carvalho

Estão em curso diligências para o encontrar o cidadão argelino que conseguiu contornar a segurança do aeroporto Humberto Delgado. PSP, GNR e PJ estão em alerta e a analisar as imagens dos sistemas de videovigilância

Pela segunda vez no espaço de poucos de meses, houve outra falha na segurança do aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. Segundo revela o “Jornal de Notícias” esta quinta-feira, um cidadão de nacionalidade argelina conseguiu furar os controlos de segurança da zona internacional de embarque do aeroporto, onde fazia uma escala, e encontra-se agora em parte incerta.

O ministério da Administração Interna e o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) confirmaram a ocorrência deste caso ao matutino.

O homem – que já foi identificado e que as autoridades dizem não ter ligações conhecidas a qualquer organização terrorista ou registo de crimes violentos – voou esta terça-feira de Argel com destino a Casablanca, em Marrocos. A viagem incluía ainda uma escala de 11 horas em Lisboa.

Terá sido durante esse período de tempo que o cidadão argelino conseguiu furar a segurança o aeroporto. De acordo com o “JN”, suspeita-se que o indivíduo possa ter tido apoios dentro do aeroporto e em Lisboa. Terá revelado um bom conhecimento da área e foi rápido a desaparecer.

Neste momento, estão em curso diligências para o encontrar o cidadão argelino. PSP, GNR e PJ estão em alerta e a analisar as imagens dos sistemas de videovigilância do aeroporto.

No final de julho, outros quatro cidadãos argelinos invadiram a pista do aeroporto de Lisboa. O Tribunal de Pequena Instância Criminal de Lisboa acabou por considerá-los culpados do crime de atentado à segurança de transporte no ar. Foram condenados a quatro anos de pena suspensa, sendo que os pedidos de asilo submetidos também foram recusados, pois um deles já estava proibido de entrar em solo europeu.