Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

BPI. Isabel dos Santos pode ganhar até 66 milhões de euros com OPA do Caixabank

  • 333

Reuters

Isabel dos Santos investiu 253,8 milhões de euros em ações do BPI. Tendo em conta o novo preço da OPA (1,134 euros por acção), a Santoro – empresa através da qual a empresária está presente no BPI - arrecadará quase 307 milhões nesta operação

Isabel dos Santos não é uma das pessoas mais ricas de África por acaso. Ao vender a sua posição no BPI na OPA do Caixabank, a empresária angolana – somando dividendos – pode assegurar lucros de 66 milhões de euros, mais 26% do que o investimento inicial no banco, conta o “Jornal de Negócios” esta sexta-feira.

Ao todo, Isabel dos Santos investiu 253,8 milhões de euros em ações do BPI. Tendo em conta o novo preço da OPA (1,134 euros por acção), a Santoro – empresa através da qual a empresária está presente no BPI -, ao vender a sua participação de 18,1%, arrecadará quase 307 milhões nesta operação. Ou seja, 53,1 milhões de euros em lucros.

Somado a este valor, a empresária ainda chegou a receber 12,6 milhões de euros em dividendos pagos pelo BPI em relação aos resultados de 2008 e 2009, lembra o matutino.

O valor de 66 milhões de euros, que representa os lucros no conjunto dos quase oito anos que durou a aposta da empresária angolana na instituição liderada por Fernando Ulrich, não terá sido indiferente para a avaliação que Isabel dos Santos fez do fim do limite de votos no BPI.

“Saúdo a solução encontrada para resolver a situação no BPI, que reflete o consenso entre os acionistas e mostra o sentido de compromisso e responsabilidade que sempre orientou a atuação da Santoro", escreveu a empresária numa nota enviada às redações.