Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

BPI. Isabel dos Santos pode ganhar até 66 milhões de euros com OPA do Caixabank

Reuters

Isabel dos Santos investiu 253,8 milhões de euros em ações do BPI. Tendo em conta o novo preço da OPA (1,134 euros por acção), a Santoro – empresa através da qual a empresária está presente no BPI - arrecadará quase 307 milhões nesta operação

Isabel dos Santos não é uma das pessoas mais ricas de África por acaso. Ao vender a sua posição no BPI na OPA do Caixabank, a empresária angolana – somando dividendos – pode assegurar lucros de 66 milhões de euros, mais 26% do que o investimento inicial no banco, conta o “Jornal de Negócios” esta sexta-feira.

Ao todo, Isabel dos Santos investiu 253,8 milhões de euros em ações do BPI. Tendo em conta o novo preço da OPA (1,134 euros por acção), a Santoro – empresa através da qual a empresária está presente no BPI -, ao vender a sua participação de 18,1%, arrecadará quase 307 milhões nesta operação. Ou seja, 53,1 milhões de euros em lucros.

Somado a este valor, a empresária ainda chegou a receber 12,6 milhões de euros em dividendos pagos pelo BPI em relação aos resultados de 2008 e 2009, lembra o matutino.

O valor de 66 milhões de euros, que representa os lucros no conjunto dos quase oito anos que durou a aposta da empresária angolana na instituição liderada por Fernando Ulrich, não terá sido indiferente para a avaliação que Isabel dos Santos fez do fim do limite de votos no BPI.

“Saúdo a solução encontrada para resolver a situação no BPI, que reflete o consenso entre os acionistas e mostra o sentido de compromisso e responsabilidade que sempre orientou a atuação da Santoro", escreveu a empresária numa nota enviada às redações.