Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Fisco. Quase 50% das famílias portuguesas não pagam IRS

  • 333

ATRASOS São muitos os contribuintes que se queixam de atrasos nos reembolsos de IRS. Governo prometeu pagar até ao final de julho. Até esta quinta-feira tinham sido processados 96% dos reembolsos

FOTO D.R.

São os agregados familiares com rendimentos brutos entre os 13 500 euros e os 50 mil euros – a classe média – que pagam a maior percentagem de IRS: quase 47%

Das 5,12 milhões de famílias portuguesas que declararam os rendimentos anuais às Finanças em 2014, quase metade não pagaram IRS, conta o “Correio da Manhã” esta quinta-feira. De acordo com os dados divulgados pela Autoridade Tributária, cerca de 2,4 milhões de famílias ficaram isentas de pagar esse imposto, um aumento de 85 467 famílias em relação ao ano anterior.

São os agregados familiares com rendimentos brutos entre os 13 500 euros e os 50 mil euros (valores correspondentes ao que se chama de classe média) que pagam a maior percentagem de IRS: quase 47%. É hás famílias incluídas neste intervalo – maioritariamente trabalhadores por conta de outrem e pensionistas – no próximo ano.

Segundo os dados estatísticos sobre o Imposto do Rendimento 2012-2014,” em 2014, para cerca de 47,32% dos agregados não foi apurado qualquer valor de IRS.”

Já a restante receita provém dos agregados com rendimentos acima de 50 mil euros. Em 2014, o imposto pago por famílias com rendimentos anuais brutos entre 100 mil e 250 mil atingiu os 1,46 mil milhões de euros.Os agregados com rendimentos superiores a 250 mil euros pagaram 427 milhões de euros.