Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

IMI: Igreja tem quase 50 mil edifícios isentos

  • 333

IGREJAS. As igrejas não pagam IMI nem vão passar a pagar, por serem locais de culto. Mas por exemplo instalações destinadas a fins educativos passarão a pagar

Alguns sacerdotes defendem que as residências paroquiais deviam pagar IMI. Caso fosse este o cenário,o Estado encaixaria cerca de um milhão de euros

Contabilizando misericórdias e instituições de solidariedade, a Igreja Católica é proprietária em Portugal de quase 50 mil edifícios, conta o “Correio da Manhã” esta sexta-feira. Se estes não tivessem isentos de pagar o Imposto Municipal sobre Imóveis e cada prédio pagasse, em média, 500 euros, o Estado iria arrecadar mais cerca de 25 milhões de euros por ano, de acordo com as contas do matutino.

Na quinta-feira, Manuel Clemente, patriarca de Lisboa, desdramatizou o facto de algumas paróquias terem sido, nas últimas semanas, notificadas para pagamento do imposto. ”Quando surge alguma questão deste género, é resolvida segundo a lei e segundo os acordos, sem dramatismos”, disse.

Apesar de a Concordata isentar de IMI as residências paroquiais, existem padres que defendem que estas devem pagar. “Como o carro de um padre paga imposto de circulação, também a casa onde vive o padre deve pagar IMI”, disse ao “CM” um sacerdote do Porto. Caso fosse este o cenário, tendo em conta que estão ativas duas mil residências paroquiais em Portugal, o Estado encaixaria cerca de um milhão de euros.