Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Família anuncia que jovem agredido em Gondomar não resistiu aos ferimentos

  • 333

rui duarte silva

O falecimento de Hugo Gonçalves, o jovem de 14 anos que foi violentamente agredido em Gondomar, é anunciado pelos familiares da vítima nas redes sociais

Hugo Gonçalves, o jovem de 14 anos agredido por outro adolescente em Gondomar, no domingo, não resistiu aos ferimentos e morreu, durante a noite desta segunda-feira. O falecimento – após uma confusão inicial sobre o estado do jovem no domingo – é anunciado pelos familiares da vítima nas redes sociais.

“Perdi o meu querido sobrinho. Ele não conseguiu [resistir]", escreveu na sua conta do Facebook Pedro Teixeira Mocho, tio do jovem.

Contactado pelo Expresso, o hospital de São João disse que irá emitir um comunicado sobre a situação do jovem nas próximas horas, mas não confirmou que este já tivesse falecido.

Depois de ter sido agredido, Hugo foi transportado para o hospital de São João e, na manhã de domingo, o oficial de dia da PSP dava conta à agência Lusa que este tinha morrido. Contudo, tratou-se de um erro dos serviços de informação do hospital, explicou na segunda-feira a Polícia Judiciária.

Hugo Gonçalves foi agredido violentamente sábado à noite com uma soqueira numa rua em Baguim do Monte na rua na madrugada de domingo, na sequência de ameaças mútuas trocadas no Facebook, alegadamente por ciúmes causados por uma rapariga.

O suspeito da agressão, de 17 anos, mantinha há “algum tempo” divergências com a vítima, segundo testemunhas, tendo confessado o crime na esquadra da PSP de Rio Tinto.

Logo após a agressão, o suspeito esteve em fuga, mas acabou por se entregar às autoridades face ao receio de represálias.