Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Carta por pontos faz diminuir número de multas

Marcos Borga

De acordo com um primeiro balanço da GNR, terão sido cometidas cerca de 600 infrações graves e muito graves por dia. No total, durante o mês de junho, foram registados 17.890 autos muitos graves. No mês anterior, tinham sido registados 23.685 autos

Os portugueses estão a arriscar menos na estrada desde que o regime da carta por pontos entrou em vigor.a 1 de junho. Pelo menos, é isso que dizem os números. Passados 30 dias da entrada em vigor da carta por pontos, o número de autos passados pela GNR diminuiu em 5795 de um mês para o outro, conta o “Jornal de Notícias” esta terça-feira.

Já relativamente ao período homólogo em 2015, a diminuição é ainda mais acentuada: menos 24% de autos.

De acordo com um primeiro balanço da GNR, terão sido cometidas cerca de 600 infrações graves e muito graves por dia. No total, durante o mês de junho foram registados 17.890 autos muitos graves. No mês anterior, tinham sido contabilizados 23.685. Mesmo nas infrações leves houve uma diminuição de 10%, de 24.357 para 21.880, durante o mesmo período.

Para vários agentes de autoridade, o novo sistema é uma variável dissuasora. “Como se falou muito sobre a carta por pontos e as pessoas ficaram mais alerta para as penalizações, é natural que essa diferença seja efeito disso”, refere José Miguel Trigoso, presidente da Prevenção Rodoviária Portuguesa, ao “JN”.