Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Relvas responde à ERC pessoalmente

Relvas responde à ERC pessoalmente

Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC) quer avaliar caso das alegadas ameaças do ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares ao jornal "Público".
Lusa
Relvas poderia optar pelo depoimento por escrito Mário Cruz/Lusa Relvas poderia optar pelo depoimento por escrito

O ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, decidiu depor presencialmente na Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC) sobre o caso das alegadas ameaças que o envolve com o jornal "Público", anunciou hoje o gabinete do ministro.

"O ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares tomou a iniciativa de apresentar-se pessoalmente na ERC e fazer o seu depoimento de forma presencial junto desta entidade, no âmbito do inquérito em curso, para garantir que todas as questões possam ser colocadas e todas as dúvidas possam ser esclarecidas. O que poderia, eventualmente, não suceder num depoimento por escrito, apesar de ter o direito de responder desta forma", refere uma nota enviada à agência Lusa, assinada pelo adjunto do ministro, António Vale.

Segundo a mesma nota, Miguel Relvas manifestou "já ao presidente da ERC a sua disponibilidade para prestar todos os esclarecimentos, fazendo assim questão de ser inequivocamente claro e transparente, numa situação em que reitera estar de consciência absolutamente tranquila e que quer ver, integralmente, esclarecida no mais curto prazo".

A ERC está a promover audições sobre o caso que envolve o ministro adjunto e dos Assuntos Parlamentares e o Público, na base do qual está um comunicado do conselho de redação deste jornal, divulgado na sexta-feira, segundo o qual o Miguel Relvas ameaçou promover um blackout de todos os ministros àquele diário e divulgar na Internet dados da vida privada de
uma jornalista se fosse publicada uma notícia sobre o caso das secretas.

O gabinete do ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, através de um comunicado, considerou essas acusações "totalmente destituídas de fundamento, repudiando-as categoricamente", e entretanto Miguel Relvas enviou um conjunto de documentação à ERC, pedindo ao regulador que a analisasse.

Comentários 37 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Relvas, está arrependido por ter sido leviano...
Ninguém acredita que Relvas esteja inocente!!!

Podem não ser tão graves (ou não se prove) as pressões que ele fez.

Mas nesta altura já deve estar mil vezes arrependido de ter pensado em telefonar à jornalista.

A Democracia e Liberdade tem esta vantagem: os poderosos também sofrem.

Pode-se não castigar convenientemente quem coartou ou tentou coartar a liberdade de expressão, mas pelo menos este processo vai fazê-lo pensar e rever o poder que ele julga ter...
EXISTEM MAIS DE 1001 MANEIRAS DE COZINHAR BACALHAU
À Zé do Pipo ... à Bráz ... com batata palha ... à Gomes de Sá ... ou com Broa ... ou envolto em ovo ... as muito apreciadas Pataniscas ...

Bacalhau à Relvas e Bacalhau à ERC ... só agora estou a ouvir falar ... mas estou mortinho por saber a receita ...
La piovra funciona !!

Desde sempre com Relvas, mas neste executivo, desde que o PSD convidou espiões para participarem no seu Programa eleitoral; desde que aqueles deram ordem para a exclusão de Bairrão no Governo.
MR vai provar que é inocente
Audição imaginária de Miguel Relvas: "Ó Carlos Magno, se penderes para o lado da jornalista do Público, destituo-te do cargo e divulgo factos da tua vida pessoal".
Relvas responde à ERC pessoalmente
- Sr. Presidente da ERC

Como sabe, eu nunca pressionei ninguém nem ameacei que divulgaria, na Internet, dados da vida privada da jornalista. que, aliás nem conheço...

eu só quis brincar com a jornalista, mas ela não compreendeu a graça...

E continuamos a contar com o Público para divulgar as circulares do governo...

Dado ter de fazer mais uns telefonemas para outros órgãos de informação que se aprestam a publicar o que aqui estou a dizer, vou ter, com pena minha, de me retirar...

Como vê Sr. Raul Vaz eu não pressiono ninguém...

  - Muito bom dia!
Re: Relvas responde à ERC pessoalmente Ver comentário
Palmas para Miguel Relvas
pelo facto de se apresentar na ERC,pessoalmente e sem se refugiar na resposta escrita.
Uma vergonha esta historieta!
Sua Excelência, o Ministro Relvas, na sequência das suas legitimas funções, efectuou um telefonema para um jornal!

Oh! Fará milhares deles por mês? Centenas? Dezenas?

Nem quero saber!

Pois tiveram o topete de o acusar de ameaçar uma jornalista, que até ao momento não apresentou qualquer prova dessas ameaças!

Factos até ao momento, que consubstanciem para alem de qualquer dúvida razoável a calúnia?

Nenhuns! Não se conhece nada de nada!

No entanto, já foi feita toda uma campanha de calúnia contra a pessoa do Sr. Ministro!

Acredito, que neste momento, os danos já sejam irreparáveis!

Encontrando-se a oposição, comprometida com o Governo da Nação, na aplicação do memorando de entendimento, e consequentemente, tendo também de assumir a necessidade das medidas actualmente em vigor, que se traduzem em austeridade, por vezes impopular, não pode portanto atacar o Governo da forma como o faria convencionalmente!

Recorre portanto, a jogos sujos e rasteiros, na esperança inconfessada de atingir também a pessoa do Senhor Primeiro Ministro!

Nada se irá provar, porque na realidade nada existe mesmo para provar!

Factos? Zero!

Calúnias? Imensas!

Chega a ser vergonhoso assistir a todo este triste espectáculo que desvirtua completamente a política desta Nação.

Estranho é, que ninguém tome medidas imediatas, para remeter tal assunto definitivamente ao silêncio, o que seria a situação mais desejável, e a todos os títulos a mais aconselhável.
...
Re: Uma vergonha esta historieta! Ver comentário
Re: Uma vergonha esta historieta! Ver comentário
Re: Uma vergonha esta historieta! Ver comentário
Re: Uma vergonha esta historieta! Ver comentário
Reza, germaninho! Reza muito!!! Ver comentário
Re: Reza, germaninho! Reza muito!!! Ver comentário
Re: Uma vergonha esta historieta! Ver comentário
Re: Uma vergonha esta historieta! Ver comentário
Então afinal...
Existe um ditadorzinho no governo deste País de ladrões e maus governantes! Salazar volta que estás perdoado!
instabilidade mental
este ministro anda mal consigo mesmo pois um dia diz uma coisa, no outro já não se lembra e no outro afinal tinha uns sms é um inquerito "pidesco" de uma jornalista.
as coisas nao estão bem caro relvas. assim ainda leva uma guia de marcha...com ou sem avental.
Um alvo a abater.
Se não fossem as reformas eras bom rapaz...
A FARSA ESTÁ MONTADA....
A farsa está montada e os comediantes são de todos os partidos: PSD,CDS,PS,PCP,BE. Uns por isto, outros por aquilo. Há um sentimento que os une: a cumplicidade de terem recusado o PEC IV e aberto caminho a esta camarilha que nos governa. Sim, porque a actual direção do PS esteve no mesmo bote.

Os partidos do governo, porque a queda de Relvas abria o caminho para a queda deste governo; Esta direção do PS, porque pediu aos céus para que a oposição deitasse abaixo José Sócrates, e anda à procura de uma vitóriazita, como a de pirro que obteve hoje na votação do penduricalho ao DEO, ou seja, o PEC; o PCP e BE, porque Miguel Relvas lhes tem escancarado os mídia para a sua habitual demagogia de enganar os trabalhadores.

Resta-me agora a esperança - e isto é paradoxal! - que a ERC se comporte com dignidade e estilhace o rélis taticismo lesa-pátria desta cambada de oportunistas sem vergonha nenhuma.

Re: A FARSA ESTÁ MONTADA.... Ver comentário
Quem diz a verdade?
Eu não acredito que a jornalista tenha inventado esta trama toda,sou mais de opinião que o ministro Relvas tenha tentado evitar mais falatório sobre as secretas;deste governo esperamos tudo,eles fazem o que lhes apetece e não perguntam nada a ninguém:com esta bagunça se tivesse vergonha na cara demitia-se!Um ministro não pode ser suspeito de mentirólas.
Re: Quem diz a verdade? Ver comentário
INTIMIDAÇÃO,
Miguel Relvas quer responder presencialmente ao "inquérito" da ERC.
Se eu estive-se na mesma situção também queria puder argumentar presencialmente.
O tipo é esperto e está convencido que pode enfrentar 5 ou 6 funcionários publicos com medo de perder o emprego,Se calhar até tem razão.
Quem não deve não teme!
Força Relvas que o pior inimigo do PSD é o interno (Marcelos e Santanas, Moniz e outros).
Omnis comparatio odiosa!
Qualquer comparação deste caso com os do Pinóquio é abuso da analogia e como a historia só se repete em comédia tenho quase a certeza que desta vez a impertinente jornalista que pensa que o 4º poder está acima do poder eleito vai receber o justo castigo porque as táticas de Putifar não resultam sempre sobretudo quando é óbvio que a oposição mostrou o mais refinado oportunismo ao não olhar a meios para fazer um golpe de estado pela esquerda baixa usando a falácias da analogia!

PREPAREM A PROXIMA...............
Não é desta que o derrubam.
O Alvaro é que tem razão. as ratazanas estão a ficar sem ar. Vai ser bonito.
Re: PREPAREM A PROXIMA............... Ver comentário
Re: PREPAREM A PROXIMA............... Ver comentário
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub