Anterior
Roubados dois canhões de Vila Franca de Xira
Seguinte
Coca-Cola e Pepsi contêm substância cancerígena
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >  Referências a José Sócrates no julgamento Freeport

Referências a José Sócrates no julgamento Freeport

Com as câmaras de TV à porta, o Tribunal do Barreiro deu início ao julgamento de um dos processos-crime mais mediáticos dos últimos anos.
|
Os arguidos Manuel Pedro e Charles Smith à saída do tribunal
Os arguidos Manuel Pedro e Charles Smith à saída do tribunal / Miguel A. Lopes/Lusa

Sem grandes surpresas, e um ano e meio depois de o Ministério Público ter acusado dois arguidos, o julgamento do caso Freeport teve início esta quinta-feira no Tribunal do Barreiro.

Dos sete arguidos constituídos pelo Ministério Público durante a investigação, apenas dois acabaram por ser acusados: Manuel Pedro e Charles Smith, sócios da empresa de consultoria Smith&Pedro. Não de corrupção, o crime que esteve sempre em causa durante a investigação à aprovação ambiental do outlet Freeport em Alcochete (quando José Sócrates era ministro do Ambiente), mas do crime de tentativa de extorsão.

Com dois meses pela frente, e três sessões por semana, o julgamento começou com a audição de duas testemunhas que tinham sido ouvidas logo no início da investigação, em 2005, pela Polícia Judiciária e que reforçaram a suspeita de um alegado suborno ao então ministro José Sócrates.

Fernanda Guerreiro trabalhava na Direção Regional do Ambiente e Mónica Mendes era funcionária numa das empresas do arguido Manuel Pedro. Confrontada com as declarações dadas à Polícia Judiciária em 2005, Fernanda Guerreiro acabou por recuar, admitindo que, afinal, Manuel Pedro não lhe dissera diretamente que tinha pago 250 mil euros a José Sócrates, mas que corriam boatos sobre o assunto e que esse pagamento ficou implícito numa conversa mantida com o arguido.

43 testemunhas arroladas


Já Mónica Mendes, que afirmara à PJ que ouviu Manuel Pedro referir-se a esse montante e a José Sócrates, viu a sua audição ser interrompida, para ser retomada na próxima segunda-feira, na próxima audiência de julgamento.

De manhã tinha sido ouvido ainda Francisco Ferreira, presidente da Quercus. O dirigente da associação ambientalista disse ter estranhado a forma como o centro comercial em Alcochete foi aprovado, em pouco tempo e a três dias das eleições legislativas, e apesar de estar junto à Zona de Protecção Especial do Estuário do Tejo.

Ao todo, o Ministério Público arrolou 43 testemunhas, entre elas nove cidadãos ingleses que trabalham ou trabalharam no grupo britânico Freeport. A defesa de Manuel Pedro e Charles Smith, representada pela advogada Paula Lourenço, arrolou três testemunhas apenas e requereu ao tribunal que os dois arguidos fossem ouvidos só depois de todas as testemunhas terem falado.  


Opinião


Multimédia

Retrato político de um país livre

Traçámos um mapa partindo dos resultados das eleições para a Assembleia Constituinte de 1975 e dos resultados das últimas eleições legislativas em 2011. O que mudou ao longo desse tempo? Como é que cada concelho votou em 1975 e em 2011? E como evoluiu a abstenção? Clicando sobre o ano e depois sobre os concelhos, no mapa ou no filtro, surgem as respostas.

Quase ninguém ficou em casa

Foi num 25 de Abril como o deste sábado, mas há 40 anos e numa liberdade então recentemente tomada: a 25 de Abril de 1975, Portugal testemunhou as primeiras eleições livres e universais após quase meio século de ditadura. Estas são as histórias, os retratos, os apelos e as memórias de um tempo que mudou o rosto do país.

Edwin. O rapaz que aprendeu a sonhar

O que Edwin sabia sobre a vida era sobreviver. Na cabeça dele não cabiam sonhos e os dias eram passados à procura de comida para ele e para a mãe e para o irmão. A fome espreitava nos cantos da barraca de palha no Quénia e ele escondia-se dela como podia - chupar as pedras era uma forma de a enganar. Mas a sorte dele mudou porque alguém viu nele outra coisa. E tudo começou numa dança. Agora, os mesmos dedos que agarravam as pedras tocam hoje teclas de um piano Bechstein. E os pés dele já não estão nus mas calçados. Com chuteiras. Primeiro no Benfica, agora no Estoril, o miúdo de 15 anos que fala como gente grande descobriu que tinha um sonho: ser futebolista. Como Drogba.

26 mil esferográficas, 14 mil urnas e 760 quilos de lacre. Os números de uma eleição histórica

Mais de mil caixas de lacre foram usadas pelas secções de voto que por todo o país, no dia 25 de abril de 1975, recolheram os boletins de milhões de eleitores. O Expresso percorreu os quatro mapas de despesas das eleições para a Assembleia Constituinte, elaborados pelo STAP, para saber quanto dinheiro esteve envolvido, onde e como foi gasto. Cada valor em escudos foi convertido para euros a preços correntes, tendo em conta a inflação. 

Todas as ilhas têm a sua nuvem

Raul Brandão chamou-lhe 'A Ilha Branca'. Como viajante digo que tem um verde diferente das outras oito que com ela formam o arquipélago dos Açores. É tenra, mansa, repousante e simultaneamente desafiante. Esconde segredos como a lenda da Maria Encantada e um vulcão florestado a meio do século passado que nos transporta para uma dimensão sulfurosa e mágica. Obrigatória para projetos de férias de natureza.

Em três quartos de hora não se esquece só a idade. "Esquece-se o mundo"

Maria do Céu dá três voltas ao lar sempre que pode. Edviges vai a todos os velórios, faz hidroginástica e sopas de letras. António dá um apoio na Igreja e nos escuteiros. Tudo é uma ajuda para passar os dias quando se tornam todos iguais. No Pinhal Interior Sul, a região mais envelhecida da União Europeia, quase um terço da população tem mais de 65 anos. Os mais velhos ficaram, os mais novos partiram.

Profissão: Sniper

O Expresso foi ver como são selecionados, que armas usam, para que missões estão preparados os snipers da Força de Operações Especiais do Exército. São uma elite dentro da elite. Um pelotão restrito. Anónimo. Treinam diariamente com um único objetivo: eliminar um alvo à primeira, mesmo que esteja a centenas de metros. Humano ou material. Sem dramas morais, dizem.

Xarém com conquilhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

O que se passa dentro da cabeça dele

O que leva um tipo a quem iam amputando uma perna a regressar ao sítio onde os ossos se desfizeram, uma e outra vez, e testar os limites do seu corpo? Resposta: a busca pelo salto perfeito, que ele diz existir dentro dele e que ele encontrará mais dia menos dia. É a fé e a confiança que o movem e o levam a pular para lá do que é exigido a um campeão olímpico e mundial que não tem mais nada a provar a ninguém - a não ser a ele próprio. Este é um trabalho que publicámos em agosto de 2014, quando o saltador se preparava para os Europeus e falava das metas que tinha traçado para 2015 e 2016: mostrar que não estava acabado. Sete meses depois, provou-o no Europeu de pista coberta em Praga, onde venceu este fim de semana.

Amadeu, que aprendeu o mundo no campo e tinha o coração na ponta dos dedos

Em Portugal, a dedicação à língua mirandesa tem nome próprio: Amadeu Ferreira, o jurista da CMVM que - quando todos diziam que "era uma loucura impossível" - arranjou tempo para traduzir "Os Lusíadas", a "Mensagem", os quatro Evangelhos da Bíblia e ainda duas aventuras do Asterix para uma língua que pertence a um cantinho do nordeste português e é falada por menos de 15 mil pessoas. No final de 2014 deu ao Expresso aquela que viria a ser a sua última entrevista. Morreu no passado domingo e esta quinta-feira foi lançada a sua biografia, "O fio das lembranças", com quase 800 páginas.

Temos 16 imagens que não explicam o mundo, mas que ajudam a compreendê-lo

O júri do World Press Photo queria dar o prémio maior da edição deste ano (e talvez das edição todas) a uma fotografia com "potencial para se tornar icónica". A primeira imagem desta fotogaleria, por ser "esteticamente poderosa" e "revelar humanidade", é o que o júri procurava. A fotografia de um casal homossexual russo, a grande vencedora, é a primeira de 16 imagens de uma seleção onde há Messi desolado, migrantes em condições indignas no Mediterrâneo, a aflição do ébola, mistérios afins e etc - são os contrastes do mundo.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.


Comentários 45 Comentar
ordenar por:
mais votados
Freeport: Depois de tanta celeuma, o que virá?
Parece-me que a montanha vai parir um rato.

Este pode ser o problema ou defeito de se politizar/partidarizar os casos de justiça...ou falta dela.

A descrença na Justiça é total.

Se houver condenados, achamos que o caso foi político;

Se não houver condenados, achamos que o caso foi político.

E os agentes da justiça não ficam nada incomodados, porque em qualquer caso, há favores políticos/profissionais que irão cobrar.
Sócrates:500 mil euros,ou 500 mil contos?
Re: Sócrates:500 mil euros,ou 500 mil contos?
Re: Sócrates:500 mil euros,ou 500 mil contos?
Re: Sócrates:500 mil euros,ou 500 mil contos?
Re: Freeport: Depois de tanta celeuma, o que virá?
Re: Freeport: Depois de tanta celeuma, o que virá?
Resultados
Pode não ir ninguém para a cadeia, mas vamos ficar a saber qualquer coisa. Como é uma zona tão sensível, por causa das aves, foi invadida por um mostro daqueles ???

Todo o ministério do ambiente, directores, chefes de serviço,etc cheios depressa para assinar até ao dia tantos de Março, como consta num papel que apareceu no jornais e querem convencer-nos de que tudo seguia o seu caminho, com normalidade ???

É precisa muita boa vontade e carradas de ingenuidade para engolir esse super-sapo!!!!!

500 mil já lá cantam, como dia a funcionária..........mais nada......
Re: Resultados
Re: Resultados
Re: Resultados
Re: Resultados
Julgamento Freeport começou com as testemunhas
Antigamente o PSD desenterrava Sá Carneiro cada vez que havia eleições. Parece que finalmente já o esqueceu e espero que o deixem em Paz. Provavelmente já verificou que não dava resultado. A Face Oculta o Freeport, mas também todas as outras acusações, como a asfixia democrática, parecem-me ser mais cortinas de fumo e a tentativa de tapar o Sol com a peneira para esconder incompetências, mas também casos muito mais graves como o BPN. Se não é parece ser a velha táctica do chamo-te a ti primeiro para que tu não mo chames a mim depois.

http://viriatoapedrada.bl...
Re: Julgamento Freeport começou com as testemunhas
Re: Julgamento Freeport começou com as testemunhas
Re: Julgamento Freeport começou com as testemunhas
Re: Julgamento Freeport começou com as testemunhas
Re: Julgamento Freeport começou com as testemunhas
Começou
Mas faltam os políticos no banco dos réus e Sócrates e companhia têm muito a explicar.
O smith é acusado de tentativa de extorsão, certo?
Re: O smith é acusado de tentativa de extorsão, ce
Re: Começou
Re: Começou
Re: Começou
Re: Começou
(in)justiça...
Só de ouvir falar de processos judiciais, dá-me vómitos!!
Como é que um sistema pode ser tão cínico e perverso!?

Pobres Santos, Heróis e Reis que construiram este Reino por vontade de Deus, para serem apunhalados pelas costas pelos traidores à Pátria que raramente terão sido tão abundantes como agora.
Mas infelizmente para eles, não se pode ir contra a vontade de Deus.
Re: (in)justiça...
Re: (in)justiça...
Re: (in)justiça...
O mundo da notícia criativa
Expresso
“...afinal Manuel Pedro não lhe dissera diretamente que tinha pago 250 mil euros a Sócrates,...”(**)

Diário ECONÓMICO
“Manuel Pedro lhe dissera ter pago 500 mil contos (250 mil euros) ao então ...”(***)

(500 mil contos) 500.000.000,00$ são (arredondado) 2.500.000,00€...

250.000,00€ são (arredondado) (50mil contos) 50.000.000,00$

Afinal quanto é que supostamente(?) recebeu o sócrates?... 50mil contos, 500 mil contos, 250mil € ou 2,5milhões €?

*http://www.publico.pt/Soc... -pago-a-socrates-1536893
**http://clix.expresso.pt/j... f710268
***http://economico.sapo.pt/... testemunha_139892.html
Re: O mundo da notícia criativa
Já estou velho para isto mas cá vai
Re: Já estou velho para isto mas cá vai
O mundo da notícia criativa
Público eTVI
“...directamente, que pagara 500 mil contos a José Sócrates ...”(*)

Expresso
“...afinal Manuel Pedro não lhe dissera diretamente que tinha pago 250 mil euros a Sócrates,...”(**)

Diário ECONÓMICO
“Manuel Pedro lhe dissera ter pago 500 mil contos (250 mil euros) ao então ...”(***)

(500 mil contos) 500.000.000,00$ são (arredondado) 2.500.000,00€...

250.000,00€ são (arredondado) (50mil contos) 50.000.000,00$

Afinal quanto é que supostamente(?) recebeu o sócrates?... 50mil contos, 500 mil contos, 250mil € ou 2,5milhões €?

*http://www.publico.pt/Soc... -pago-a-socrates-1536893
**http://clix.expresso.pt/j... f710268
***http://economico.sapo.pt/... testemunha_139892.html
Re: O mundo da notícia criativa
Re: O mundo da notícia criativa
Julgamento Freeport começou ...
...deixai que o cerebro vai vir dos seus estudos nas terras de Maria Antonietta e vai-vos tratar da saúde de merda seus BURROS.
Re: Julgamento Freeport começou ...
vamos conhecer quem gosta de tabus...
penso que uma carta anonima revela cobardia e nao deve ser tomada em consideraçao, na medida em que quem nao deve nao teme. uma coisa é ser mantido no anonimato o denuciante, outra é anonimato!

é revelador de um caracter irresponsavel de quem o emite. nao assume! os odiozinhos de estimaçao nao podem ser financiados pelo erario publico!

a oportunidade do aparecimento da noticia parece revelar o tal odio que, de modo algum pode ser mote de partida para ser levado em conta, pela cobardia do anonimato revelada!

depois socrates nao é burro, como sabemos! querendo fazer uma carreira politica a la longue assumida, ao contrario de cavaco que diz que nao é politico, fazer malabarismos como querem fazer querer, para apalhaçar e desviar as atençoes dos reais problemas da nossa tanga em infraestruturas economicas sustentaveis que cavaco descuidou-se na construçao nos seus mandatos e geraram as condiçoes previsiveis de rotura a medio longo prazo derivadas da inercia em politica estrategica economica nacional, nos seus mandatos! nao foi a toa que o programa de festas foi lançado tao oportunamente para entreter portugues, alienado-os da realidade nacional!

foi o que aconteceu! um cenario montado com um maestro ilusionista no anonimato! quem tem jeito para tabus no país? quem? CAVACO!

tudo começa em cavaco e termina em cavaco o velhaco nacional, pinoquio de estirpe virulenta dificil mas nao impossivel de ser apanhado!
...
Raciocinemos, pelo menos os que o sabem fazer
O smith é acusado de tentativa de extorsão, certo?

Logo, se se provar que tentou sacar massa dizendo que era para o socras e ficou com ela, é condenado.

Se insistir que deu a massa ao socras, afirma-se cúmplice de corrupção (crime do qual não é acusado) mas fica imediatamente absolvido de tentativa de extorsão.

Portanto, todos os que querem o socras culpado disto (sem mais provas do que o que diz o smith e o outro), devem pugnar pela absolvição dos agora arguidos que estão inocentes do crime de que são acusados.

NOTA1: o socras chumbou o projecto exigindo alterações, o que levou os ingleses a chamar o smith para ele explicar como era isto possível. Data daí aquele vídeo em que o smith dizia aos ingleses que deu o dinheiro ao socras.

Conclusão? EU sei tirar a minha.

Freeport..e outros...
Percebe-se perfeitamente qual o papel dos apoiantes da mafia socratiana, que com os seus comentários pretendem encobrir, desculpabilizar criminosos..

Fica-lhes bem esse papel de apoio á mafia pois concerteza também mamaram na teta da mesma ,e nada como ser solidário com os seus...

Há no entanto uma questão onde eu acho que não vão ter sucesso , apesar de todo o seu contorcionismo de lambebotas e encobridores, é camuflar a verdade...é uma questão de tempo e a mafia Socratiana será desmascarada.
Re: Freeport..e outros...
Re: Freeport..e outros...
Re: Freeport..e outros...
Re: Freeport..e outros...
Comentários 45 Comentar

Últimas

Ver mais
Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub