Siga-nos

Perfil

Expresso

Regiões

Pilar del Rio visita terra do marido

A mulher de Saramago esteve na Azinhaga (Golegã) e acertou pormenores com o presidente da Junta, Vítor Guia, sobre a instalação da casa-museu.

Joaquim Duarte/O Ribatejo

A sede da Fundação, a que preside a mulher de Saramago, será em Lisboa e o pólo da Azinhaga funcionará no antigo edifício da Junta que vai entrar já em obras, estando prevista a sua inauguração a 31 de Maio, com a presença garantida de José Saramago e Pilar del Rio, a quem a Junta irá atribuir o nome de uma rua da vila e dar-lhe o diploma de filha adoptiva.

A casa da Fundação Saramago terá um espaço de museu dedicado à vida e obra do autor, um ciber-café e ainda uma biblioteca e livraria onde estarão disponíveis para consulta e aquisição todas as obras de José Saramago e as respectivas traduções nas várias línguas.

Nesta reunião com Pilar na Azinhaga participou também José Miguel Noras, como membro da comissão de cidadãos para a edificação de uma estátua ao escritor, a erguer no largo da praça da vila da Azinhaga, da autoria do escultor Armando Ferreira.