149
Anterior
Esta greve é sujinha, sujinha
Seguinte
O país onde as mulheres têm de ser gordas
Página Inicial   >  Blogues  >  A Tempo e a Desmodo  >   Quem é Mário Nogueira?

Quem é Mário Nogueira?

|

Um professor dá aulas e Mário Nogueira não dá aulas há mais de 20 anos. Parece mentira, mas este senhor está num perpétuo horário zero há duas décadas. A sua "carreira" docente conta com 32 anos de serviço, mas, na verdade, o Glorioso Líder da Fenprof só deu aulas nos primeiros 10 anos de vida profissional. Os últimos 22 anos foram dedicados ao sindicalismo profissional. Não, Mário Nogueira não é professor, é sindicalista. O que me leva a uma pergunta óbvia: como é que alguém que não dá aulas há vinte anos pode representar com realismo as pessoas que dão aulas todos os dias? 

E esta comédia sindical não se fica por aqui. Por artes burocráticas impenetráveis, Mário Nogueira tem sido avaliado como professor: recebeu o "Bom" correspondente à classificação de 7,9 obtida no agrupamento de escolas da Pedrulha, Coimbra (Correio da Manhã, Dezembro 2011). Mais uma vez, um camião de perguntas bate à porta: se não dá aulas, como é que este indivíduo pode ser avaliado como professor? Como é que se opera este milagre da lógica? Entre outras coisas, parece que conferências e artigos de jornal contam para a avaliação de Mário Nogueira. Fazer propaganda da Fenprof, ora essa, é igual ao confronto diário com turmas de vinte e tal garotos. Justo, justíssimo, justérrimo. 

Se não é professor, quem é afinal Mário Nogueira? Na minha modesta opinião de contribuinte assaltado por horários zero e afins, Mário Nogueira é o verdadeiro ministro da educação. A cadeira do ministério vai mudando de dono, mas Mário Nogueira está lá sempre. Os governos sucedem-se, mas a Fenprof está lá sempre. E, com menor ou maior intensidade, as políticas educativas são determinadas pela Fenprof e não pelos governos democraticamente eleitos. A força das eleições nunca chega à tal escola pública, que é auto-gerida há décadas pela Fenprof. Curiosamente, TVs e jornais nunca fazem fogo sobre este sindicato. O poder da educação está ali, mas as redacções só sabem queimar ministros atrás de ministros. Nunca ouvi ou li uma entrevista a Mário Nogueira. Só vi e ouvi tempos de antena. Quem é Mário Nogueira? Um dos inimputáveis do regime.

Opinião


Multimédia

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola, em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

United Colors of Gnocchi

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Strogonoff de peixe espada preto

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Caril de banana

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Cantaril com risotto de espargos

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.


Comentários 149 Comentar
ordenar por:
mais votados
Não gosto de Mário Nogueira!
Já ontem o escrevi aqui, acho incrível o protagonismo que ele ganha sempre que os "Professores" encetam uma luta...mas aproveito esta crónica do HR a mostrar o Mário Nogueira "mau"...para vos propôr que em vez de o verem o Mário Nogueira pela "negativa" peguem em tudo o que HR disse sobre o homem e tentem ver pela "positiva"...E pensem que para o homem estar há tantos anos à frente deste sindicato e ele ser o sindicato mais poderoso de Portugal algum mérito há-de ter.Estranho que HR não tenha mencionado aqui o ordenado dele e para amanhã aguardo um tema novo de HR....Quanto recebem os Sindicatos do estado??....é um tema popular e vai voltar a ter muitos leitores.Hoje HR "bateu no comuna" do Mário Nogueira ....mais do mesmo...Missão cumprida!!! Mas estar como o "comuna" do Mário Nogueira há tantos anos à frente da Fenprof...Dói a muita gente..mais aos fascistas claro!!!
os Nogueiras parasitas
Tem Nogueira legitimidade??
lá legitimidade, tem!
Então coloca em causa a democracia!?
O mesmo
Pois pois....ora deixai-me dizer om'essa e' boa.
A triste realidade do Sindicalismo Português
A realidade demonstrada por Henrique Raposo devia entristecer e envergonhar todos os portugueses, principalmente os que se deixam representar por tais personagens.

Será que M.Nogueira e a FENPROF representam sequer metade dos professores?

Quantos professores é que continuam a pagar as suas quotas (seja através de que modo for), demonstrando assim que se revêm nas suas lutas?

Com todas estas embrulhadas da Fenprof, estes mais não se distinguem do que um braço armado de um qq partido político que não tem coragem para assumir em sede própria o que pensa, aproveitando os sindicatos para fazerem o seu trabalho sujo.
Uma grande percentagem!
A sério?
A sério?
Por aquilo que acabo de ler em Raposo
... e nalguns madrugadores comentadores leva-me a concluir algo bizarro mas verdadeiro, extremamente verdadeiro!!
Fala-se de Mário Nogueira, suposto representante sindical dos professores, corta-se na personagem, não sei se merecidamente, de cima a baixo de baixo para cima da esquerda para a direita e da direita para a esquerda.
Diz-se também que todo o mau ambiente incluindo a existência de greves que se vive nas escolas e todo o mal da nossa educação incluindo o mal que se regista no próprio ministério incluindo a elaboração de coxos programas de ensino tem uma causa e está toda ela concentrada em Mário Nogueira.
Portanto o que acabo de concluir por aquilo que dizem Raposo e alguns ilustres e madrugadores comentadores é que o Sr. Mário Nogueira apenas representa-se a si próprio e que a causa de todas as greves e os respectivos efeitos como também a má política educacional que se regista ou se venha a registar tem um culpado ou já há uma reserva para culpado nem mais o Sr Mário Nogueira!!!!
Por toda a argumentação por mim lida, Raposo e coro de comentadores, é fácil de se concluir que a resolução dos problemas da educação em Portugal e do Ministério da Educação está à mão de semear, está a um curto alcance do Sr Ministro, basta despedir o Nogueira e tudo se transformará para melhor!!!
Para um Portugal melhor na educação despeça-se o Nogueira!!!! Não sou eu que digo é o que concluo depois de ter lido o que li Raposo e Cia.
Touché!
A SUGESTÃO NÃO É MÁ
Ò Brilhantina
A sua formação não é suficiente...
Andas muito educadinho
"quem é mario nogueira"
a que depois pode aduzir, "quem é picanço"; "quem é avoila"; "quem é nobre dos santos"; "quem é arménio".....mas isto levar-nos-ia para o destilar...ódio,naturalmente!
Lembro-lhe, em trejeito da cronica de hoje, as palavras proferidas por um manifestante,com chapeu de palha,empunhando uma bandeirola da fenprof, na manifestação de professores do passado sábado:
dizia o fulano: "metem-se com os professores, são corridos!
foi assim com a ferreira leite! depois foi com o guterres! a seguir foi.... já não me lembro... ah, foi a maria lurdes rodrigues, foi posta a correr! e agora há-de ser com este ministro!"....
viva a luta pelo direitinho adquirido!
Que se lixe a escola!
o que importa é a manutenção do direitinho adquirido! o direitinho adquirido de se ser lider sindical há 14 anos! o direito adquirido de não se dar aulas e estar-se no ultimo escalão! o direito adquirido de direito de antena na tele e na radio!o direito adquirido de "por rua fora" ministros! o direito a ter-se mais de 200 dirigentes sindicais no funcionalismo publico! o direit adquirido de "em nome da defesa da escola publica" não se apresentar uma unica solução,p ex., para a constante hemorragia anual de milhares de licenciados com aspirações "legitimas"! a tornarem-se professores...nos mesmos moldes que estes mais de 200 dirigentes sindicais! um luxo!
  a luta continua, "metem-se com os professores, são postos a correr!"....
A táctica usual!
já que se intrometeu em defesa da sua dama
Quem está errado?
Como disse noutro post, os Ministros da Educação não podem ter sido todos atrasados mentais desde 1974 (antes não conta, pois aceitava-se e calava-se).
O HR vem levantar um pouco o véu. os ministros mudam e passam. A FENPROF mantém-se, com o mesmo dirigente há 20 anos. 20 anos de greves e contestação. Um modelo de ensino anedótico. A culpa é dos sucessivos ministros (de várias cores políticas, relembre-se)?
Não acredito!
Ministro da Educação.
Realmente...
O bigode dele já enjoa...
Fazia sentido arranjar uma lei de "limitação de mandato" que impossibilitasse o dirigente "de" (aqui é preciso ter enorme cuidado!!) sindicato a eternizar-se no cargo.
O "de" é fundamental, como ficou mais do que demonstrado pelo caso controverso das autarquias, uma vez que se for "do" sindicato, permitirá a desgraça de que gente como o Mário Nogueira ou a Ana Avoila andem a saltitar de sindicato em sindicato para todo o sempre...
3 partidos sejam proibidos de participar!
Nem assim vais lá
Porquê, já provou (o bigode)?
ao expresso
HR pergunta quem é M.Nogueira.
Eu pergunto quem faz a censura no expresso.
Dizrr que MNogueira é o responsavel pela destruiçao da educaçao é razao para censurarem?
"Farto"
Santana Canotilho sobre Crato...
youtu.be/mLkIurcPqnQ
Quanto paga Raposo para escrever neste jornal?
Não sei quem é Henrique Raposo. Pelo pouco que li, parece-me um rapaz que de forma incauta fala do que não sabe. Talvez seja mais um opinador vulgar que é pago, quiçá bem pago (mal empregado, digo eu) para, num espaço privilegiado, a destempo e sem modos ir acrescentando disparates aos que anteriormente proferiu. De certeza que não é um jornalista, pois informar não informa. Não sei se o que diz é para ter graça. Se assim for prefiro os palhaços. Não sei por que o deixam escrever neste jornal. Henrique Raposo paga muito para escrever no Expresso?
E OS QUE NOS GOVERNAM SÃO PROFISSIONAIS DE QUÊ?
Responda lá com exactidão,que país temos nós com tipos que chegam ao poder,que se dizem políticos,que nunca estudaram política.sociologia ou outra coisa qualquer relacionada com governação!são advogados,economistas,etc,etc,etc,normalmente fraquinhos nas suas actividades e que vão p/a política p/abrirem portas em busca de ascensão depois,seja na banca,nas multinacionais e grandes empresas privadas pelas quais se põem sempre a jeito!Os exemplos são aos milhares...Por isso fulanizar o sindicalista,ou outro tipo que se dedique a uma causa,é quanto a mim uma tentativa de corrupção de mentes fracas ao serviço de uma causa,neste caso lamber as botas a um governo estúpido.autista,arrogante,incompetente,mentiroso,manhoso,fora da lei(não respeita a constituição sobre que jurou) e que desrespeita tudo e todos na generalidade!O sindicalista bate-se pelos seus,mas este governo nunca o fez lá fora e com justiça por Portugal!Quis ser mais papista que o papa,foi além da "troika"(até se gabou),rebentou com o resto,continuando o mau trabalho do engº....por isso falar por falar...só por encomenda.....
Sindicalista profissional
Embora não concorde em nada com as posições de HR sobre a escola pública, os professores e a greve, dou-lhe razão nesta crónica. Porque é que os ministros mudam, mas pessoas como o Mário Nogueira, que não sabem o que é ensinar numa escola há tantos anos, continuam na ribalta?
Corram-me com esse tipo de uma vez, que tem feito mais pela má imagem dos professores do que qualquer ministro da educação dos últimos 20 anos.
Ó santa-ignorância, porque sois tão amada!?
Não é só o Mário Nogueira
Uma visão mais alargada pelos titulares de certos cargos políticos, da direita à esquerda portuguesa permitem afirmar que este caso não é único.
Quantos altos dirigentes das estruturas de decisão, no âmbito do ministério da educação se apelidam de professores e já não o são há dezenas de anos?
Quantos economistas, se apelidam de tal e nunca fizeram um estudo económico para além daqueles que lhes permitiu fazer análise de votos para as jotas deste país?
Quantos vereadores e presidentes de câmara, perpetuados no poder se afirmam prof, engenheiros e afins, e estão no poder há mais de 12 anos?
O Mário Nogueira pelo menos defende a classe profissional de onde é originário, muitos dos outros defendem apenas o seu percurso pessoal.
é mais uma artista deste circo chamado Portugal
O CAMINHO PARA DESTRUIR PORTUGAL...É EM FRENTE!

BASTA SEGUIR A FENPROF, CGTP, PCP, BE, OU ENTÃO O PARTIDO DA SAPIÊNCIA SALOIA, O PS
Não me diga que ninguém segue este Governo....
Portugal, o camingo é em frente e tal como estamos
R: É um tipo de criatura perigoso
Dele retenho a resposta que deu numa entrevista há anos, sobre qual foi o momento mais feliz da vida dele.
E ele referiu que tinha sido numa greve qualquer de 100 mil professores, pelos vistos a maior que houve, já não me lembro quando, estar no palanque a discursar perante aquela plateia (leia-se carneirada embevecida). Era a grande vitória.

Da mesma maneira, ainda ontem o vi na tv, à porta de uma escola em frente a alunos a quem discursava inflamadamente, referindo que estava a fazer isto contra a prepotência do Estado em geral (ou seja, afinal a greve não é pelos alunos, nem pelos professores, é em geral contra o Estado. Sim, já sabemos, é esse o objectivo do PCP, destruir sempre e sempre).
E voltando para trás, ria-se para alguém da mesma cor, com aquele esgar de quem lhe diz "Está a resultar, eles estão a papar a minha tanga".

Vão ver as filmagens e confirmem. Os olhos dele, a expressão da face diz tudo.

E nesses olhos, eu vi os mesmo olhos de vários oradores/ditadores, em frente a palanques, a vociferar irrelevâncias, que se tornam relevâncias pelo facto da carneirada aquiescer, seguindo a cabra da frente, que os levam onde querem.

"Conclusão: Os Professores que fizeram greve são uma Carneirada."

Estes tipos são perigosos. Levam as hordas onde querem.
Educação, educação...
pois
Ora eu também tenho aqui umas questões deste tipo.

Começo pelo Farsola. Quem é Passos Coelho? Sim quemé ele? que curriculo tem esta alma para que lhe tenha sido dado o paple de liderar o País?. Um homem que nunca trabalhou, que nunca estudou, que se viu envolvido numas ONGs manhosas e numas formações, mafiosas, como pode ele ser o primeiro ministro?

Passo depois ao Relvas. Sim este saiu d ecena, mas anda por aí, a lambuzar-se com a massa que retirou a todos nós. Pergunto pois. Como pode esta alma, que nunca estudou, que nunca trabalhou, que se viu envolvido nos esquemas mais mafiosos que se podem imaginar, ter sido ministro? Digam-me, como é isto possível?

e poderia por aqui continuar, saindo do PSD, para ir ao PS e ao CDS....a verdade é que Portugal anda entregue a oportunistas e mafiosos, que só pensam na barriga deles e não no país que devia ser governado por gente de outro quilate.

E até tu HR, como podes tu ser cronista de um jornal de referencia? hem diz-me lá, tu que só vÊs através dos óculos de penafiel... vens para aqui fazer propaganda política disfarçada...vai-te catar melga...
Comentários 149 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub