18 de abril de 2014 às 9:03
Página Inicial  ⁄  Economia  ⁄  Quem é Maria Luís Albuquerque

Quem é Maria Luís Albuquerque

Secretária de Estado sobe a ministra numa altura de forte contestação política por causa do caso dos swaps. Mas soma alguns sucessos no seu percurso no Governo.
Isabel Vicente
Sem percurso político, a ministra tem sabido lidar com a pressão Tiago Miranda Sem percurso político, a ministra tem sabido lidar com a pressão

A nova ministra das Finanças destacou-se neste Governo pela positiva nas operações de privatização e na estratégia de regresso de Portugal aos mercados financeiros. Mas o escândalo dos swaps - contratos de cobertura de risco - acabou por lançar dúvidas sobre a sua permanência no Governo, atendendo a que exerceu o cargo de diretora financeira da Refer numa altura em que esta empresa também avançou com contratos de swaps.


As suas declarações na comissão de inquérito aos swaps, na semana passada, ao afirmar que não foi informada destes contratos quando tomou posse no Governo, suscitaram forte polémica depois de o anterior ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, ter vindo dizer no fim de semana que deu conhecimento da situação ao seu sucessor, Vítor Gaspar. Hoje, no entanto, Maria Luís Albuquerque disse que "na pasta de transição entre mim e o anterior secretário de Estado do Tesouro, Carlos Costa Pina, não constava nada sobre as swaps. Mantenho o que disse na audição parlamentar".

Sem percurso político, a ministra tem sabido lidar com a pressão, aparentando alguma tranquilidade mesmo quando debaixo de fogo, como aconteceu na semana passada.  Em outubro, perdeu a pasta das Finanças, ficando apenas como secretária de Estado do Tesouro.

Nascida em Braga em 1967, licenciou-se em Economia na Universidade Lusíada de Lisboa em 1991 e é mestre em Economia Monetária e Financeira pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) desde 1997. Foi gestora financeira da Refer de 2001 a 2007 e, mal estoirou a polémica com a demissão de alguns dos seus colegas do Governo responsáveis pelos contratos de swaps exóticos, disponibilizou-se de imediato para esclarecer o que fosse necessário, distanciando-se dos swaps 'exóticos' que fizeram rolar cabeças.

Foi técnica superior do Gabinete de Estudos e Prospectiva Económica do Ministério da Economia entre 1999 e 2001, desempenhou funções de assessora do Secretário de Estado do Tesouro e das Finanças em 2001 e coordenou o Núcleo de Emissões e Mercados do Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público entre 2007 e 2011.

Em maio, o Expresso considerou-a um dos 100 portugueses mais influentes este ano, referindo que  se tinha tornado o braço-direito do ministro das Finanças a tempo inteiro e que podia ir mais longe. O que agora se confirma.

Comentários 105 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
uma coisa é certa
É muito mais clara e acertiva a falar que Gaspar.
Mas o problema do Pais nao se chamava Gaspar, nem se chama Maria Luis.
Chama-se irresponsabilidade colectiva.
Vai chamar irresponsável á tua tia! Ver comentário
Desculpe mas.... Ver comentário
Está desculpado, ora essa. Ver comentário
Nem nada. Ver comentário
Eu disse manipulados... Ver comentário
Eleição vs Governação Ver comentário
Temos escolha, uma Constituição, não temos medo. Ver comentário
lista Ver comentário
Isso é discurso anti-democrático do PS, PSD e CDS. Ver comentário
Discurso Ver comentário
A democracia é diária, não é de 4 em 4 anos. Ver comentário
À ok. Ver comentário
Voltamos ao mesmo... Ver comentário
Desculpe lá. Ver comentário
. Ver comentário
Concordo plenamente mas...(ha sempre 1 mas) Ver comentário
. Ver comentário
Obrigado Ver comentário
. Ver comentário
Simples e Acertivo. Ver comentário
Outro!... "Assertivo", pf... É assim tão difícil? Ver comentário
Caro Sr. ou Sra. Ver comentário
NSDAP Ver comentário
Boa noite Ver comentário
Boa noite Ver comentário
Credo! Que cheiro bafiento e a mortos que sai Ver comentário
Fomos manipulados e enganados. Ver comentário
Somos Adultos Ver comentário
Só uns pormenorzinhos... Ver comentário
Pormenorzinhos... Ver comentário
Pelos vistos, nem o holocausto existiu. Ver comentário
Bom dia. Ver comentário
Tu dizes que o holocausto não existiu. Ver comentário
Caro Amigo Ver comentário
Ah... Afinal existiu. Ver comentário
Boa tarde Ver comentário
Boa tarde. Vamos falar da guerra civil espanhola. Ver comentário
Boa tarde Ver comentário
Um dia destes discutimos. Ver comentário
Um dia destes discutimos. Ver comentário
Típico do Estado Novo: Ver comentário
Não quero acreditar que esta crise o faz... Ver comentário
Boa tarde Ver comentário
Eu fazia-lhe um desenho... Ver comentário
E "duques"!... Ver comentário
(!?) Ver comentário
(!?) Ver comentário
A expressão era para bisar o seu... Ver comentário
sofale Ver comentário
Eu sou democrata! Quero eleições já! Ver comentário
escreve melhor que muitos por aqui... Ver comentário
A democracia! Ver comentário
Quem contraiu a dívida que a pague. Ver comentário
OK Ver comentário
Isso é anti-democrático. Ver comentário
claro Ver comentário
Até os patrões estão contra estes gangues. Ver comentário
"acertiva"?!? Ver comentário
resta saber se é desta que "asserta" Ver comentário
Come a swap Joana come a swap.....lol Ver comentário
"assertiva" e não "acertiva"... Ver comentário
Irresponsabilidade de quem devia ser responsável Ver comentário
Produzida por uma "Universidade particular"! Ver comentário
APOIADO! Ver comentário
quem-e-maria-luis-albuquerque
Sou um adepto pelo cumprimento das Legislaturas, mas este governo além da inexperiência e incompetência que tem mostrado desde o inicio, encontra-se no total des-norte sem credibilidade e força anímica para levar a cabo o que quer que seja. O menos mau parece ser eleições antecipadas, nas quais não tenciono participar, porque não sou dos que entregam o voto a quem o pede, mas a quem o merece. A escolha de Maria Luís Albuquerque parece-me péssima pelas suas declarações e participações nos Swaps, quanto mais já se pedia a demissão de Secretária de Estado e o prémio é subir a minintro. Foi Capucho que primeiro afirmou que o governo não tem credibilidade, mas muitas mais vozes se têm levantado dentro do PSD e não só no mesmo sentido.

viriatoapedrada.blogspot.pt/2013/07/socrates-swaps-e-secretaria-estado.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2013/06/swap-maria-luis-albuquerque-refer.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2013/03/capucho-governo-perdeu-credibilidade.html
Pior que um cego Ver comentário
Pior que um cego Ver comentário
Tanto é de responsabilizar... Ver comentário
Será ? Ver comentário
Nada escrevi, agora, sobre pseudo-licenciados... Ver comentário
Será ? Ver comentário
Sabe qual é o problema? Ver comentário
O problema Ver comentário
Tretas demagógicas! Ver comentário
Demagogo ou atingi algum ponto critico Ver comentário
Que confusão a sua! De nada o acusei. Se sentiu... Ver comentário
- Ver comentário
Ah, sempre me respondeu... Ver comentário
Uma coisa é certa !!!
O Estado para ela nunca foi demasiado:

Foi técnica superior na Direcção-Geral do Tesouro e Finanças entre 1996 e 1999, técnica superior do Gabinete de Estudos e Prospectiva Económica do Ministério da Economia entre 1999 e 2001, desempenhou funções de assessora do Secretário de Estado do Tesouro e das Finanças em 2001, foi Diretora do Departamento de Gestão Financeira da Refer entre 2001 e 2007 e coordenou o Núcleo de Emissões e Mercados do Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público entre 2007 e 2011. Exerceu funções de Secretária de Estado do Tesouro, no XIX Governo Constitucional de Portugal até 1 de julho de 2013, altura em que foi indigitada para as funções de Ministra de Estado e das Finanças, substituindo Vítor Gaspar
resumindo... Ver comentário
Mais estado mas também Expresso e marido Ver comentário
É normal !! Ver comentário
Sim, ao que consta foi contratado pela EDP... Ver comentário
É uma cacique do PSD e do sistema.
É talvez a maior. É daquelas pessoas que erraram sempre para o lado dos bancos, durante toda a vida.
E como temos tido o PS, PSD e CDS a governar, este tipo de pessoas, em vez de ser despromovida para baixo, é despromovida para cima!
Quem é Maria Luís Albuquerque
Outra mentirosa que disse que nao foi informada sobre os 'swaps'.
A questão que se põe é ...
Por que razão o Primeiro-Ministro ainda não se pronunciou sobre o pedido de demissão de Vítor Gaspar?

Estará de férias? E se estiver de férias, a pergunta que eu faço é a seguinte: qual é o primeiro-ministro que vai de férias, sabendo antecipadamente que o seu principal ministro vai pedir demissão?

A não ser que ... ele próprio tenha sido apanhado desprevenido ...

Deixa MUITO A DESEJAR...
Exigia-se um CV relevante.No mínimo um Ph.D. (numa universidade internacional de elite,ou em universidade portuguesa séria).Lusíada...Moderna...até dá vontade de rir.Apenas o mestradozito que tirou no ISEG se aproveita.Muito longe do que seria aceitável para um ministro das Finanças.
. Ver comentário
up grade.... Ver comentário
ah já vi... Ver comentário
Foi professora do Primeiro Ministro na Lusiada...
Tinha ela 45 e ele 48...
Foi professora do Primeiro Ministro na Lusiada...
"Maria Luís Albuquerque foi professora de Pedro Passos Coelho na Universidade Lusíada de Lisboa, daí manterem uma relação próxima."

www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/politica/maria-luis-albuquerque-e-a-no va-ministra-das-financas

Tinha ela 34 e ele 37...
O estranho percurso de Maria Luís
Antes de se ligar ao governo PSD/CDS Maria Luís Albuquerque esteve sempre ligada aos governos PS. Foi para o Gabinete do Secretário de Estado do Tesouro e Finanças (2001) e para a Refer pela mão de Manuel Cruz Baganha, Secretário de Estado do Tesouro e Finanças de Guterres. Depois de sair da Refer em 2007 Maria Luís foi Coordenadora do Núcleo de Emissões e Mercados do Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público (IGCP) até à queda de Sócrates. Quando Passos tomou posse foi nomeada Secretária de Estado do Tesouro e das Finanças. Mas o mais curioso é que: Manuel Cruz Baganha é casado com Maria Luísa Pacheco (que usa quando lhe convém o apelido do marido), nomeada por Maria Luís Albuquerque para a Secretaria de Estado do Tesouro e Finanças onde a sua incompetência se tornou por demais evidente gerando situações incontornáveis. Para se livrarem da dita incompetente ou pagarem favores Maria Luísa Pacheco foi recompensada com um lugar de Administradora da Imprensa Nacional Casa da Moeda em Set de 2012 (empresa elogiada pelo Tribunal de Contas pelo rigor da gestão e os correspondentes lucros, e em que toda a administração foi "estranhamente" toda substituída em Set 2012). E fala o PS de Seguro em mudanças quando a frota PS está bem representada no governo. Comentários para quê!
Marido na EDP... Ver comentário
Jogo de favores Ver comentário
SABEM DEMAIS PARA SEREM MINISTRAS ...
Se temos o País nestas condições devemos a estes "ARTISTAS" de corriculuns ! Metam uma DONA DE CASA com bom senso SERIA O SUFICIENTE para não estarmos a passar tão mal como agora ... tinha um contra ,era os JOTAS TEREM QUE TRABALHAR antes de ir para ministérios . Alguns deixavam de SUJAR AS MÃOS para outros estarem bem ...
Uma (falta) de vergonha...
Este caso serve de exemplo para vermos como é a política em portugal! Falta de vergonha e principalmente falta de seriedade q tem quem nos (des)governa!!! Passa pela cabeca de alguem (sério) pormos á frente dos destinos de nosso país a mesma pessoa que andou a "enganar" o estado com negociatas no mínimo duvidosas?? Enquanto andou na refer a prejudicar o povo, pois porque MAIS UMA vez somos nós, o povo, a pagar estes negocios vantajosos só para alguns q não o povo e agora é esta senhora a ministra das financas?? Se vivessemos num país de gente séria ela nem era secretária de estado mas pior é ministra... está tudo dito!!! Cambada de gentinha (políticos) com falta de honestidade...
Aliás Ver comentário
Eu respondo: é uma contratada a termo certo!
Ai coitadinha!!!... Ainda vamos ver a Mariazinha, na fila do Centro de Emprego, da sua santa terrinha!!!... E a fazer ações de formação de requalificação, para ficar mais habilitada para ficar desempregada...
Marido e EDP Ver comentário
o quê? Ver comentário
Será?
Que é agora que vão dar a minha declaração de IRS como validada visto encontrar-se desde 02-06-2013 a aguardar validação e para respectivo reembolso? Telefonei para a Divisão de Reembolsos e Restituições e a desculpa foi a habitual, culparam o computador dizendo que é este que as validada e manda liquidar os reembolsos. Não saberão que existem contribuintes que exercem a sua actividade profissional trabalhando diariamente na execução de aplicações informáticas?
Será? Ver comentário
É BOA
É, sem dúvida, melhor que Gaspar ... pessoalmente a opção não suscita dúvidas.
Daqui a dez anos, com mais algum peso, poderá ter muitas semelhanças a Merkel ... embora não acredite que tenha a influência que já hoje tem Merkel...
Em relação à situação do país, penso que revelou ser competente para continuar o cumprimento do memorando acordado com a Troika e para nos salvar do buraco em que nos colocou Sócrates. Aliás, comparando com Sócrates é muito melhor ......
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub