18 de abril de 2014 às 22:01
Página Inicial  ⁄  Blogues  ⁄  Do outro mundo  ⁄  Quando uma mulher é violada, o corpo bloqueia a gravidez, diz congressista americano

Quando uma mulher é violada, o corpo bloqueia a gravidez, diz congressista americano

Luis M. Faria
Todd Akin, um homem esclarecido Todd Akin, um homem esclarecido

O congressista Todd Akin, representante do Missouri na Câmara dos Representantes norte-americana, é um ídolo do movimento conservador que dá pelo nome de Tea Party. Talvez por isso - e por a política americana estar cada vez mais extremada - sentiu-se à vontade para debitar uma enorme asneira que deve ser o género de absurdo no qual outras pessoas acreditam sem o admitirem.

Numa entrevista do passado domingo, quando lhe perguntaram se o aborto devia ser proibido mesmo a gravidez resulta de violação, Akin respondeu: "Parece-me, pelo que ouço dos médicos, que isso é bastante raro. Se é uma violação legítima, o corpo feminino tem maneira de fechar a coisa toda. Mas vamos supor que isso não funciona, ou qualquer coisa. Acho que deve haver algum castigo, mas do violador, não atacando a criança".

Logo para começar, a expressão 'violação legítima' é problemática. O congressista queria aparentemente fazer uma distinção entre violações reais e outras que não o são. Sem dúvida, há casos de mulheres confusas ou mentirosas. Mas que seja isso a primeira ideia que vem à cabeça do congressista quando se fala de violação, enfim... Na hipótese de o Missouri ter uma percentagem de eleitoras semelhante à dos outros estados, as ambições de Akin - ele candidata-se agora ao Senado - podem ter ficado seriamente em risco.

Pior, no entanto, é a sua teoria sobre as faculdades do corpo para bloquear a gravidez. Está mais ou menos ao nível do que em certos países de África se crê sobre a SIDA - dormir com uma virgem cura a doença, etc. Por muito respeitáveis que sejam as crenças espirituais, dos africanos ou dos americanos, convém não aplicar directamente alguns dos seus corolários mais perigosos. Tais como estes.

Sentindo o perigo (de outro género), Mitt Romney e Paul Ryan demarcaram-se imediatamente de Akin. Outros importantes apoiantes dele fizeram o mesmo. E o congressista teve mesmo de reconhecer que havia partes infelizes na sua declaração. Não referiu foi quais. Quando expressamente instado a concretizar, limitou-se a remeter para o que já tinha dito. E mais não explicou. Deve ser o corpo a defender-se. Ou será a cabeça?

Comentários 11 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Por isso é que ha tantas violaçõesnos EUA
Funcionam como anticonceptivo....................
A estupidez norte americana no seu melhor.
A estupidez norte americana no seu melhor.
Eu bem digo.
Ou estão a invadir, a matar, a prender a violar as liberdades dos cidadãos, a bombardear outros povos e países, ou estão a dizer asneirada da grossa, que vem aliás de encontro aqueles cérebros, atrofiados pelo cheeseburguer.
E é desta gente que é composto o senado.
E é esta gente que se acha superior ao resto do Mundo
Estes republicanos e democratas, sendo que os primeiros equivalem na Europa aos nazis, e os segundos á direita mais conservadora, que ora estão a rezar, ( e ainda criticam os islamitas, por tudo e por nada ), estão sempre com o Oh my god, na ponta da língua, dizem-se uns fervorosos amantes de deus e da Bíblia, e no fundo não passam duns parolos incultos, que nada sabem nem do mundo conheçem.
Esta afirmação, vem confirmar mais uma vez que a cretinisse tem honras de estação de tv, nos States.
Tiveram a anedota da Sarah Palin agora é o Romney e palhaços iguais a esta sumidade,que aqui é descrita
Re: A estupidez norte americana no seu melhor. Ver comentário
Congressista dos EUA, mais evoluído que muçulmanos
Viva o avanço civilizacional!!!

O 'esclarecido' congressista norte americano, está um pouco à frente dos muçulmanos que acham que uma mulher violada, deve ser uma mulher morta, porque perdeu a honra...

Quando ele diz candidamente:

- "Acho que deve haver algum castigo, mas do violador, não atacando a criança"

Demonstra algum avanço cultural... em relação à Idade Média...

Como é que ainda é possível dar voz a esta gente!!!!

 
Outra interpretação!
O congressista Todd Akin, representante do Missouri na Câmara dos Representantes norte-americana pediu que a sua mulher seja violada!
Todos sabem
Todos sabem que os congressistas americanos republicanos não são propriamente as pessoas mais inteligentes do planeta. Estão mais ou menos ao nível dos nossos deputados.
Num país que ainda mantém a pena de morte, que é o maior produtor mundial de pornografia mas que deixa de eleger alguém porque andou enrolado com uma amante uma década atrás, diz tudo...
da seeeeee.....
e eu a pensar que era impossivel ter piores politicos que os nossos!!!!!!!!

Estes nao sao so corruptos e vigaristas.....tambem devem ter serias lesoes cerebrais....da seeeeeee...
O senso comum ou a falta dele.
Os americanos são burros por natureza.Para os mais cépticos a esse respeito, volta e meia aparece um tipo destes, para tirar as dúvidas. Não é por acaso que as seitas são quase todas oriundas dos EUA!
Tea Party
Nada de novo vindo do tea party, o grupo que nos vai brindando com pérolas como a Palin, os Buchannan e outros do género... O que eu estranho é que os republicanos pactuem com esta direita mentecapta.
pois é...
não me espanto nada destas afirmações. vejam um video no youtube chamado: americans arent stupid e dêem umas valentes gargalhadas com tanta cultura.
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub