16 de abril de 2014 às 14:08
Página Inicial  ⁄  Desporto  ⁄  PSV impõe primeira derrota da pré-época ao Benfica

PSV impõe primeira derrota da pré-época ao Benfica

Benfica até começou a ganhar, mas os holandeses do PSV deram a volta e venceram por 3-1.
Lusa
Holandeses superiorizaram-se ao Benfica EPA Holandeses superiorizaram-se ao Benfica

O Benfica foi hoje derrotado na final do Torneio Masters de Wroclaw, por 3-1, com o PSV Eindhoven a impor à equipa de futebol "encarnada" a primeira derrota da pré-época.

O Benfica tinha nesta pré-temporada ganho ao Marselha (2-0), ao RH Hamm (3-0) e empatado com o Lille (0-0). E no sábado, já no torneio polaco, tinha ganho aos anfitriões do Slask Wroclaw, por 4-2.

Hoje, Jorge Jesus começou por mudar a estratégia, avançando com a titularidade de Saviola, ao lado de Cardozo, e um meio-campo sem Witsel. O médio Carlos Martins teve o papel de "maestro", e Ola John e Gaitán ocupavam as faixas.

Melgarejo é lateral... mas pouco


Nas experiências no lado esquerdo da defesa, e ao contrário da opção no jogo de sábado, Jesus apostou em Luisinho, nos primeiros 45 minutos, e Melgarejo, que viria a estar muito abaixo e mal em alguns lances, na segunda parte. 
 
Frente ao PSV Eindhoven, o Benfica teve um teste a sério e apesar de algum domínio na primeira metade, acabou por perder a concentração em momentos capitais e pagar a fatura disso mesmo, num jogo em que as substituições pioraram a equipa. 
 
Carlos Martins, que marcou um golo e assistiu dois no encontro com o Slask, voltou a ser dos melhores e com novo tento, aos 34 minutos. Ola John assistiu desde o lado esquerdo para a entrada da área, e o médio português aplicou o seu remate. 
 
Na segunda metade, o técnico do Benfica voltou a ter apenas Cardozo na frente (jogou até aos 62 minutos), com o belga Witsel a reforçar o "meio" junto a Javi Garcia. Nolito entrou para o lugar de Ola John, Bruno César substituiu Martins, e Melgarejo entrou para a posição de Luisinho. 
 
Aos 52 minutos, Benfica ainda tinha o jogo "na mão" e podia ter chegado ao 2-0, com Witsel, isolado, a disparar desenquadrado e por cima. 

PSV virou o jogo 


Seria este o momento da viragem. Praticamente no seguinte lance de perigo (54), o central Jorgensen apareceu livre de marcação ao segundo poste (no lado esquerdo da defesa benfiquista) e igualou a partida. 
 
Depois de alguma confusão no relvado, aos 57 minutos, num lance em que Willems envolveu-se em contato físico com Gaitán, e provocou muitos empurrões entre os jogadores e a entrada dos suplentes em campo, o Benfica mostrou-se descaracterizado.  
 
As entradas de Yannick Djaló, Nelson Oliveira e Rodrigo Mora não trouxeram melhorias para os encarnados, que nos últimos 15 minutos viram o PSV tomar conta do jogo, sobretudo depois da expulsão de Maxi Pereira, aos 78, por acumulação de amarelos. 
 
Pouco antes, os holandeses colocaram-se na frente, por Lens, que recebeu um passe da direita, no lado de Melgarejo, e ficou livre para o 2-1 (74).
 
Com mais um jogador, o PSV teve uma série de lances perigosos e aos
83, mais uma vez no lado direito do seu ataque, Wijnaldum fez o 3-1, numa jogada em que Artur ainda defendeu um primeiro remate. 
 
No torneio o Benfica terminou em segundo, com o Athletic Bilbau a ser
terceiro, depois de também hoje derrotar o Slask por 1-0, com um golo de
Susaeta, no jogo de atribuição do terceiro lugar.  

Comentários 15 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
FOI A PRIMEIRA...

de muitas que virão...

Porque jogar é competir ganhando, perdendo e empatando!
É BOM TROPEÇAREM!
Assim nunca deixam de ter na boca o sabor a derrota como os outros!
Profissionalismo
Os clubes que não perdem são aqueles que tratam os amigáveis como se fossem a sério. Convocaram o Xistra para se ir entrosando com equipa.
Re: Profissionalismo Ver comentário
Re: Profissionalismo Ver comentário
JJ aqui estás perdoado!
Epá nos jogos a feijões inventa o quanto quiseres!
PSV
Vitória justa do PSV. Quando não há casos e ganha o melhor, nada a dizer.
Jesus é.....
.... assim.

Inventa laterais, se corre bem teve mérito, se a coisa não pega, mesmo com bons jogadores (noutras posições) lá arranja uma desculpa para falhar.

Portanto, Presidente LFV não vá na conversa do artista, já chega de ser enganado, arranje laterais enquanto ´´e tempo

Melgarejo é bom mais à frente, Luisinho serve para suplennte e o Maxi sozinho não chega. Yanick não tem categoria para jogar no Benfica.

Se não serviu para o Sporting........
Re: Jesus é..... Ver comentário
Re: Jesus é..... Ver comentário
Re: Jesus é..... Ver comentário
Re: Jesus é..... Ver comentário
Re: Jesus é..... Ver comentário
galinheiro
Pronto já estou a ver não vai ser este ano que estes "..." ganham a liga dos campeões!
Também não ganham o campeonato nem a taça de Portugal.

Resta-lhes a taça da liga xD Com esta ninguém se importa.

Mas quando vencerem alguns jogos já ganham tudo, basta ouvir um a falar.

São uma espécie de adolescentes da sociedade pois dizem-se incompreendidos.
A 1ª de derrota de varias vitórias...
O SLB de Jesus - perdeu "só porque foi a 1ª equipa a sério que apanhou na pré-época"...
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub