21 de abril de 2014 às 0:34
Página Inicial  ⁄  Dossiês  ⁄  Dossies Atualidade  ⁄  Mais austeridade  ⁄  PSD convida CDS-PP para reunião

PSD convida CDS-PP para reunião

Comissão Política Nacional do PSD convidou o CDS-PP para uma reunião para renovar a confiança na coligação do Governo.
Lusa

A Comissão Política Nacional do PSD decidiu hoje convidar o CDS-PP para uma reunião conjunta das direções partidárias, a realizar-se o mais brevemente possível, para "obter a indispensável manifestação de apoio ao acordo político de coligação".

"A Comissão Política Nacional do PSD deliberou convidar o CDS para uma reunião conjunta das direções partidárias, a ter ligar com a maior brevidade possível, com o intuito de obter a indispensável manifestação de apoio ao acordo político de coligação celebrado em 16 de junho de 2011, assim como às decisões e estratégia do Governo em matéria de consolidação orçamental e ajustamento estrutural, visando uma trajetória de crescimento sustentável", referem os social-democratas num comunicado distribuído à comunicação social.

No mesmo comunicado, a Comissão Política Nacional do PSD defende que "é fundamental clarificar a relação entre os partidos da coligação", que considera ter sido "afetada" pelas decisões dos órgãos internos do CDS-PP, "de modo a assegurar a estabilidade política".

Antes, a direção nacional social-democrata refere que "o Conselho Nacional do CDS-PP e o presidente do CDS-PP proferiram declarações e decisões de divergência face a medidas deliberadas pelo Governo, inseridas no acordo alcançado pelo Governo no âmbito do quinto exame regular com a 'troika' e transmitidas ao Eurogrupo".

O PSD alude, assim, à divergência assumida pelos centristas, no domingo, em relação às alterações à Taxa Social Única (TSU), anunciadas quando a missão de avaliação da 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) estava em Lisboa.

A Comissão Política Nacional do PSD, que se encontra reunida desde as 21:00 de quarta-feira, assinala a importância de "evitar a deterioração da relação entre os partidos e proteger o país de qualquer crise política", acrescentando: "Portugal precisa, para vencer a crise, de ter uma coligação forte e comprometida com a governação e precisa também de um Governo
coeso e empenhado".

Comentários 4 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Nada mais de coerente e sensato de se fazer
Ainda vêm acusar o actual de Governo de irresponsabilidade...

Mas anda tudo louco é?

Bem sabemos que Portugal andava habituado a que muitos poucos Governos concluíssem os seus mandatos, mas agora estamos em 2012 e não nos idos anos 70 e 80.

Acertem agulhas, encolham as garras e toca a avançar, que 2013 está aí a ao dobrar da esquina.
PSD e CDS a uma só voz!
Caso contrário é romper desde já a coligação.
Limites atingidos.....
Portugal tem um grande problema. Esse problema consiste em termos um governo que em nada representa o seu Povo, que em nada defende a Nação, que viola constantemente a Constituição, que colocou o povo à fome, fez crescer o desemprego, destruiu a vida de muitos casais, levou muitos a cometerem actos de loucura, uns tentando suicidar-se, outros suicidando-se mesmo, que destruiu as leis do trabalho, que roubou os funcionários públicos, os reformados, que fez acontecer algo de extraordinário: A maior manifestação pós 25 de Abril, que tem estado a baixar as intenções de voto do partido afundando-o com Portugal.

Melhor ainda, um Governo que nem sequer tem a destreza de olhar à sua volta e de ver que está na hora de sair, pois caso não o faça existe mesmo o risco do barril de pólvora explodir. Os Portugueses já disseram chega, já mostraram pacificamente o seu desagrado pelos 600.000 presentes na manifestação.
Garotos é o que são .
Reurir aquela gente toda à volta de uma mesa para solucionar o que não tem solução . Houve até quem tenha vindo de Bruxelas e um pouco de todo o PAÍS . Reunida que está a massa cinzenta do PSD à volta de uma mesa , eis que o País espera um resultado que no minímo raie o brilhantismo . E saiu de facto uma resposta para o buraco em que o PSD se meteu , pasme-se , decidem convidar a outra parte ( CDS ) da massa cinzenta para uma reunião . Brilhante não acham ? Um mea culpa ou um pedido de desculpas hipócrita ( como já fez no passado ) teria ficado tão bem , mas ... E mais não digo , é verdadeiramente um governo à altura do País que somos e das brilhantes mentes que colocamos à sua frente , pelo menos até que as pessoas acordem , um diia .
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub