Anterior
Galp liderou exportações e importações em 2011
Seguinte
Jorge Tomé vai ser o novo presidente executivo do Banif
Página Inicial   >  Economia  >   PS vai propor à troika medidas para "despesa fiscal inteligente"

PS vai propor à troika medidas para "despesa fiscal inteligente"

O PS vai apresentar à troika da ajuda externa, na segunda-feira, propostas para uma "despesa fiscal inteligente" que incentive a contratação de jovens pelas empresas, as exportações e a investigação, anunciou hoje o secretário-geral socialista.
Lusa |
António José Seguro anunciou ainda reuniões com todos os parceiros sociais na próxima semana, nomeadamente com a CGTP e a UGT na quarta-feira, para debater o problema do desemprego e encontrar com estes interlocutores "melhores respostas ainda" para este "flagelo".

O líder socialista falava num conferência de imprensa em Lisboa, no final de uma reunião de emergência do secretariado nacional do partido, na sequência dos números do desemprego relativos a 2011, hoje conhecidos.
Seguro apresentou algumas propostas e iniciativas que o PS fará por causa destes números, que situam a taxa de desemprego em 14%, sendo uma delas a adoção de uma "despesa fiscal inteligente".

"Iremos propor à 'troika', na reunião que iremos ter na segunda-feira, no sentido de serem dados incentivos as empresas que contratem jovens, que criem empregos para jovens",  firmou.

Consolidação das contas públicas


"Promoção das exportações, da investigação e desenvolvimento e captação de investimento direto estrangeiro. Aqui estão quatro áreas que, em nossa opinião carecem de autorização por parte da troika, uma vez que estão no memorando, mas que poderiam, através de despesa fiscal inteligente ajudar à promoção do emprego e ao desenvolvimento da nossa economia", acrescentou.

O PS propõe ainda que as universidades sejam autorizadas a contratar investigadores para "trabalharem projetos de parceria com as empresas" e a criação de "programas que possam aproximar empresas que estão em situação de pré-insolvência, mas não em situação de falência, com jovens empreendedores disponíveis para tomar contar dessas empresas e não as deixar morrer e, por essa via, preservar postos de trabalho".

Seguro insistiu ainda "na necessidade de que a consolidação das contas públicas tenha pelo menos mais um ano" porque "é desejável que se aliviem os sacrifícios pedidos aos portugueses e às empresas" e voltou a defender a criação de uma linha de crédito "contratualizada com o Banco Europeu de Investimento de pelo menos 5 mil milhões de euros de apoio às PME".

"O processo de recapitalização dos bancos não pode ser inimigo da economia. Há empresas que querem investir e essas empresas necessitam de se financiar. Não é tolerável que por orientações cegas os bancos desalavanquem o apoio a essas empresas e à economia", afirmou.

Reprogramação do QREN


O líder do PS defendeu ainda uma "reprogramação" do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional, que gere a aplicação dos fundos europeus), referindo que "pelo menos desde outubro" há projetos à espera de aprovação, que poderiam "ajudar a dinamizar a economia e a criação de emprego", e que "há três mil milhões de euros do FEDER e do
Fundo Social Europeu por afetar que devem ser rapidamente canalizados para a promoção de políticas ativas de emprego".

O PS tomará ainda "iniciativas no plano europeu", no seio da "família socialista", no sentido de defender uma "governação económica" para a União Europeia e a necessidade de o Banco Central Europeu emitir moeda.
Seguro considerou que estas são "medidas concretas" para "responder aos problemas profundos dos portugueses", insistindo na necessidade de um "caminho" diferente do Governo, em que "medidas de austeridade inteligente, não cortes cegos" sejam combinadas com outras de "apoio às empresas" e à economia.

Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 14 Comentar
ordenar por:
mais votados
É sempre boa altura
Para o povo aprender com os seus erros e de uma vez por todos ver que qualquer partido com assento parlamentar não é credível, pois todos quando estão na oposição têm soluções milagrosas e quando governam não é o país mas sim as suas contas bancárias
Saímos de uma ditadura onde não tínhamos opinião mas agora temos de trabalhar para sustentar as despesas que estes democratas fazem e sermos responsabilizados pelos calotes que produzem.
Querem mais democracia que esta?
Re: É sempre boa altura
Re: É sempre boa altura
Música...
O Seguro a dar música aos portugueses. Bem, é o seu papel enquanto oposição, pois o principal objectivo de qualquer partido em democracia é fazer-se eleger e assim aceder ao poder e poder distribuir lugares (remunerados) pelos seus e favorecer a sua clientela...
Não tenhamos ilusão, isso acontece com qualquer partido. Por isso é que só fazem caca quando estão no poder (porque não têm competência para mais) e são os maiores quando na oposição (é fácil dar bitaiters e atirar palavras e ideias bonitas que só resultam no papel e na cabeça dos leigos).
Será o preço que temos a pagar pela democracia?
O problema é que os regimes autoritários (sejam eles de esquerda ou de direita), por muito boas que sejam as intenções iniciais acabam sempre por se deixarem corromper pelo poder.
Quiçá terá chegado o tempo de procurar um novo modelo de governação. Possivelmente daqui a uns tempos será o povo directamente a votar as leis que cada partido apresenta ao público, existindo uma equipa de gestão.
O que hoje parece ficção científica, amanhã é realidade. Basta pensar como se explicaria a um cidadão do Séc XIX o que é um iPad e para que serve...
!
"despesa fiscal inteligente"????? hihihihi
Essa toarda é um insulto às pessoas inteligentes deste pobre País roubado e afundado pelo PS.
O que vai na cabeça dos xuxas?
O momento em que os xuxialistas devias aplicar"medidas de despesa fiscal inteligente"é quando estavam a governar mas não o fizeram, porque?? eles deviam era"inteligentemente"não terem aumentado o deficit publico em 6 anos de desgoverno! Sim, sim...sei... é mais fácil mandar dicas enquanto se é oposição e dizer mal de quam está a arrumar a casa! Continuem que o povo está atento e tem cada vez mais discernimento para se aperceberem quem é quem e quem faz o quê neste país!
"é mais fácil...
Re: O que vai na cabeça dos xuxas?
Re: O que vai na cabeça dos xuxas?
Este
deve ser mais um daqueles "inteligentes" da Tourada do Tordo...
Banalidades e paleio da treta...
Belo termo " despesa fiscal inteligente" ! Alguém consegue dizer ao Srº A.J.Seguro que antes de haver despesa fiscal deve haver receitas fiscais ? Todo mundo sabe que um dos cancros do nosso sub-desenvolvimento é a fuga fiscal digna de países da América do Sul com o beneplácito da Justiça....! Nós legislação temos agora forma de garantir o seu cumprimento é outra história! O que o PS deveria aapresentar ao País era ideias para garantir a equidade fiscal a todos os Portugueses e arranjar forma de acabar com a fuga aos impostos ! Será justo uma familia que ganhe 5000 euros metade ficar para o fisco e quem tem uma pastelaria, uma oficina, um salão de cabeleireiro, um consultório de advocacia, exerca uma profissão liberal. etc..etc..e fature 10.000 por mês....e pague 100 euroa ao Estado ?O problema naconal começa com as desigualdades entre quem contribui para o bolo fiscal e quem come dele...vejam esta aberração dos politicos ierm receber o subs. férias e 13º mês e quem trabalha para o Estado chupa no dedo....que mereçe gentinha dessa ? Aponte é soluções para uma sociedade cada vez mais justa, copie o que de melhor se faz lá fora nessas áreas e vai ver que o povo Português começa a acreditar em si....deixe-se de banalidades e termos " bonitos" que isso só o vai arrastar para o fundo....ainda vai acabar em Paris ...!
E JA AGORA
António José Seguro contra vaga de frio por não estar no memorando da troika
Por Alexandre Parreira
Os socialistas estão profundamente revoltados com a vaga de frio que veio do Norte da Europa e está a atacar Portugal.
Numa declaração lida ontem a partir da sede do PS no largo do Rato, António José Seguro mostrou repúdio pela situação e declarou que está completamente contra esta opção. Seguro disse mesmo que “a vaga de frio não está no memorando da troika” e, por isso, “o PS vai fazer tudo para impedir que seja concretizada”. O INIMIGO tentou obter um comentário da Presidência da República de mais esta medida de austeridade desigual mas não foi possível até ao fecho desta edição. AP
musica
poiz,pois.não precisa ser ficção cientifica,basta ser ficção para já não ser verdadeiro!guarde o termo cientifico!
provavelmente no sec xix já existiam politicos de cartola que vendiam banha da cobra ás pessoas como se de grandes curas se tratassem,e depois corriam.hoje os politicos já não correm,não precisam!tem as costas muito bem protegidas.até quando cagam,tem quem lhes limpe o cu.este povo é um povo composto maioritáriamente por xupistas.nem democratas,nem socialistas,mas sim xupistas!disso estou eu seguro!saltem coelhos pra relva,ou fechem-se portas ou catrogas a seita,ou melhor a receita é sempre a mesma!sacar áo desgraçado do pobre para equilibrar as contas áos ricos!porra,então sejam espertos o suficiente para aumentarem exponencialmente os vencimentos áos pobres e assim puderem sacar mais ainda!criem condições para que os patrões possam pagar bem áos trabalhadores!valorizem mais o que por cá se faz,e ajudem aqueles que teem capacidades,para que desenvolvam projetos capazes de por a máquina a andar!ser inteligente é bom,mas só por si não chega!ser pobre é um defeito incorrigivél!por mais que se tente ter algum auxilio para levar por diante um projecto sou sempre confrontado,sequencialmente,com o jogo do empurra!isto é:áh sabe nós agora não estamos autorizados!ou,só temos verba para dar de beber áos toxicomanos,ou porque não tenta o iapmei?já foi iefp?é um autentico circulo vicioso do jogo do empurra!mesmo que o proçesso seja economicamente viavel,a resposta é não.
Re: PS vai propor à troika medidas para "de
Comentários 14 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub