Anterior
Face Oculta: Correio da Manhã não teme processo
Seguinte
Rangel pede saída dos administradores da PT nomeados pelo Governo
Página Inicial   >  Dossiês  >  Dossies Atualidade  >  Face Oculta  >   PS demarca-se de sms que convoca manifestação de apoio a Sócrates

PS demarca-se de sms que convoca manifestação de apoio a Sócrates

Desde ontem que circula um sms a convocar uma manifestação de apoio ao primeiro-ministro. O PS diz desconhecer o assunto. Clique para visitar o dossiê Face Oculta
Lusa |
A mensagem apela ao repúdio à 'campanha suja contra o PS e contra Sócrates'
A mensagem apela ao repúdio à 'campanha suja contra o PS e contra Sócrates' / Nacho Doce/Reuters

O Partido Socialista nega conhecer ou ter sido a origem de uma mensagem anónima que está a circular por SMS convocando uma manifestação de apoio a José Sócrates na Fonte Luminosa.

Clique para aceder ao índice do DOSSIÊ FACE OCULTA

A mensagem apela à união do partido e convoca os interessados a juntarem-se na alameda da Fonte Luminosa no dia 20 de fevereiro para repudiar a "campanha suja contra o PS e Sócrates".

O gabinete de imprensa do PS diz que o partido "nada tem a ver com esta iniciativa".

Já ontem, o vice presidente da Comissão Política do PS Capoulas Santos considerou que há uma "tentativa de decapitação" do primeiro ministro, José Sócrates, e desafiou os partidos da oposição a apresentarem uma moção de censura ao Governo, na sequência de notícias publicadas sobre o caso Face Oculta.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico


Nota da Direcção do Expresso

O Expresso apoia e vai adoptar o novo Acordo Ortográfico. Do nosso ponto de vista, as novas normas não afectam - antes contribuem - para a clarificação da língua portuguesa.

Por outro lado, não consideramos a ideia de que a ortografia afecta a fonética, mas sim o contrário. O facto de a partir de 1911 a palavra phleugma se passar a escrever fleugma e, já depois, fleuma não trouxe alterações ao modo como é pronunciada. Assim como pharmacia ou philosophia.

O facto de a agência Lusa adoptar o Acordo, enquanto o Expresso, por razões técnicas (correctores e programas informáticos de edição) ainda não o fez, leva a que neste sítio na Internet coexistam as ortografias pré-acordo e pós-acordo.

Pedimos, pois, a compreensão dos nossos leitores.


Opinião


Multimédia

Os assassínios, as execuções, as decapitações são as imagens mais chocantes de uma propaganda cada vez mais sofisticada. É a Jihad, que recruta guerrilheiros no ocidente para matar e morrer na Síria. O Expresso seguiu as pisadas de cinco jiadistas portugueses, mostrando quem são e como foram convertidos e radicalizados. E como lutam, como foram morrer - e como já haverá arrependidos com medo de fugir. Reportagem em Londres, no café onde viam jogos de futebol, na universidade onde estudavam e na mesquita onde rezavam. Autoridades e especialistas em terrorismo estão alerta sobre este pequeno mas perigoso grupo, onde corre sangue português - e de onde escorre sangue por Alá.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.

Geração Z

Mais rápidos, mais capazes, mais solitários, os Z vivem agarrados aos ecrãs, pensam com a ajuda da internet e estão permanentemente preocupados com a bateria do telemóvel. Que geração é esta que nasceu com a viragem do século?

Desaparecidos para sempre no Mar do Norte

O dia 15 de novembro já foi feriado, há 90 anos. A razão foi o desaparecimento de Sacadura Cabral algures no Mar do Norte. Depois de fazer mais de oito mil quilómetros de Lisboa ao Rio de Janeiro, o aviador pioneiro não conseguiu completar o voo entre a cidade holandesa de Amesterdão e a capital portuguesa. Ainda hoje, não se sabe o que aconteceu ao companheiro de Gago Coutinho e tio-avô de Paulo Portas, a quem o Expresso pediu um sms.

Os muros do mundo

Novembro relembrou-nos os muros que caem, mas também os que permanecem e os que se expandem. Berlim aproximou-se de si própria há 25 anos, mas há muros que continuam a desaproximar. Esta é a história de sete deles - diferentes, imprevisíveis, estranhos.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Terror religioso está a aumentar

Relatório sobre a Liberdade Religiosa é divulgado esta terça-feira em todo o mundo. Dos 196 países analisados, só em 80 não há indícios de perseguições motivadas pela fé.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.


Comentários 145 Comentar
ordenar por:
mais votados
sou a rosa e vou ser a primeira a chegar
e pronto confesso fui eu a anónima que enviei o esseiemesse e estou a confessar porque não quero que o senhor engenheiro se zangue com ninguém e confessei porque o estúpido meu patrão quando soube começou logo com as piadas parvas com o e ena pá estamos a voltar ao antigamente e depois contou-me o que se passava no tempo da outra senhora e que não é a doutora leite e eu que não sabia de nada fiquei muito aflita e portanto declaro formalmente que não foi o senhor engenheiro nem ninguém do pêesse que começou com a coisa e fui eu e as minhas desculpas
Re: sou a rosa e vou ser a primeira a chegar
sou a rosa preocupada com o eh eh do senhor xadrês
Re: sou a rosa e vou ser a primeira a chegar
ou a rosa a agradecer ao senhor azrim
Re: sou a rosa e vou ser a primeira a chegar
sou a rosa e não sei onde está o senhor sabemius
Re: sou a rosa e não sei onde está o senhor sabemi
sou a rosa e já sei onde está o senhor sabemius
Re: sou a rosa e vou ser a primeira a chegar
sou a rosa e tenho uma dúvida com mamaevovo
Re: sou a rosa e tenho uma dúvida com mamaevovo
Re: sou a rosa e vou ser a primeira a chegar
sou a rosa e confesso tudo
Re: sou a rosa e confesso tudo
Re: A rosa PS; Post Spcriptum
sou a rosa e ai ai ai senhor natacopanja
Re: sou a rosa e vou ser a primeira a chegar
sou a rosa a falar ao adúltero senhor rolodamassa
Re: sou a rosa e vou ser a primeira a chegar
sou a rosa senhor não tento
Re: sou a rosa senhor não tento
Tempo de trapalhadas
Este é o tempo das trapalhadas e também dos trapalhões. Confesso que não tenho qualquer preconceito em relação à figura do primeiro-ministro de Portugal. Quanto maior é a exposição pública maiores são as probabilidades de chatices. Mas no caso deste pobrezito, ocorrem notícias por razões menos positivas com uma regularidade impressionante. Tudo o que são comboios da treta (não me refiro ao TGV, não senhor) lá está o homem metido neles. Foi a célebre licenciatura, o freeport, a face oculta, agora até a comunicação social lhe está à perna. Até podemos estar perante uma enorme cabala feita de conjugações de más vontades contra o homem, que até pode ser uma jóia de pessoa. Mas na realidade, perante todas estas notícias, a sensação que o "nosso primeiro" deu foi a de ficar enraivecido por lhe descobrirem a careca. A pessoa que tem razão, reage serenamente e com factos contraditórios e que desmentem as notícias postas a circular. Não foi o caso em nenhuma delas. Logo...não basta à mulher de César ser séria. Também é preciso parecê-lo. E hoje então, mais do que nunca.
Re: Tempo de trapalhadas a oposição fica à pega !!
Re: Tempo de trapalhadas a oposição fica à pega !!
O PIANINHO FALA GROSSINHO
Re: Tempo de trapalhadas
Re: Tempo de trapalhadas
Re: Tempo de trapalhadas
Re: Tempo de trapalhadas
Descontrole
O descontrole e o desespero de muitos socialistas é de tal ordem, que até a mim me mandaram um SMS.
Só gostaria de saber, como é que souberam o meu número de telemóvel.
Claro, como em 1975, "LÁ ESTAREI", como é óbvio, para apoiar o "Melhor PM de sempre" !
Re: Descontrole
Re: Descontrole
Re: Descontrole
Re: Descontrole
Re: Descontrole
Re: Descontrole
Re: Descontrole
Re: Descontrole
Re: Descontrole
Re: Descontrole
Re: Descontrole
Arrotando postas de pescada
Re: Arrotando postas de pescada
Re: Arrotando postas de pescada
Re: Arrotando postas de pescada
Re: Arrotando postas de pescada
Re: Arrotando postas de pescada
Re: Descontrole
Re: Descontrole
Re: Descontrole
Re: Descontrole ...do seu comentário é funesto.
Re: Descontrole ...do seu comentário é funesto.
Re: Descontrole ...do seu comentário é funesto.
Re: Descontrole ...do seu comentário é funesto.
Re: Descontrole ...do seu comentário é funesto.
Re: Descontrole ...do seu comentário é funesto.
Re: O seu Descontrole atingiu os píncaros
Re:
Re: Descontrole
Re: Descontrole
Re: Descontrole
PS demarca-se de sms que convoca manifestação
Quem semeia ventos pode colher tempestades. É de lamentar que estejamos a voltar aos tempos do PREC, que já todos pensavamos esquecidos e enterrados. Se for por diante desta vez não será preciso como noutros tempos ír tirar os PPD e CDS debaixo da cama todos borrados de medo, porque estou convencido que desta vez não irão. Nunca pensei que passados estes anos sejam eles a tentar matar quem os não deixou morrer. É caso para dizer que quem os seus inimigos poupa às suas mãos morre. Também é verdade que não há regra sem excepção e esta será uma delas, porque a verdade sairá sempre vencedora. Ou eu muito me engano ou alguém ainda vai ficar muito mal na fotografia e aparecer todo chamuscado. O povo pode não ser ainda culto na sua maioria , mas já deixou de ser analfabeto na sua totalidade. Pelo que tenho ouvido na rua e no café o povo já não é ignorante como alguns gostariam que fosse e os caciques já foi chão que deu uvas. Cada vez sabe mais o que quer e já não é fácil deixar-se enganar.
Re: PS demarca-se de sms que convoca manifestação
Re: PS demarca-se de sms que convoca manifestação
É natural que assim aconteça!!!!
Foram divulgadas sondagens nas quais se viu que a maioria dos Portugueses não quer embarcar nesta guerra que o poder dos média declarou ao PS e ao 1º Ministro.
Mesmo com essas sondagens, há quem continue a desafiar a justiça, a paciência da maioria dos votantes PS, aos que leram o SOL e ficaram estupefactos com a açorda e vilipendiados pelo dinheiro mal gasto na compra deste.
O País está a passar um momento muito difícil onde a guerra declarada a J. Sócrates, pelos média, chegou a um ponto em que tem que haver uma acção, uma atitude:
1-à oposição cabe-lhe a honestidade de dar a votação uma moção de desconfiança ao Governo, caso não o faça, tem que retratar-se perante a opinião pública por estar a contribuir para a instabilidade da vida política Portuguesa quando por um lado alimenta monstruosidades e histórias mal contadas e por outro não quer que o Governo se demita por ingovernabilidade criticando-o quando, de uma forma velada, este(gov.) o dá a entender.
2-A sociedade Portuguesa tem que repensar que tipo de Imprensa é que existe em Portugal e que modelo deverá existir, quais os interesses subadjacentes a ela associada, e apelar e fazer questão que todos aqueles que se acharem acima da lei e os fora de lei sejam puramente afastados.
3-Caso os dois pontos acima não sejam atitudes/acções que se preveem ser tomadas, a oposição não avança com uma moção de desconfiança e os media não reflectem sobre o seu acrtual papel de fábrica de histórias mal contadas, e... (continua).
Re: É natural que assim aconteça!!!!
Olá meu Caro.
Re: Olá meu Caro.
Re: É natural que assim aconteça!!!!
É natural que assim aconteça!!!! (continuação).
.... e para que o poder não caia à rua com a demissão do governo por iniciativa própria, é necessário que todos que não embarcam na campanha actual contra o governo na pessoa de José Sócrates, façam uma grande manifestação de apoio a José Sócrates e de repúdio aos desestabilizadores da Democracia, aos foras de lei e aos que estão acima da lei.

Sobre o ponto 3, chamo foras de lei e, os acima da lei, àqueles que se servem das investigações da justiça, das oportunidades que a justiça lhes dá como assistentes de processos para depois, esses tais assistentes, subverterem as leis, os compromissos que tinham perante a lei, fazendo divulgar informações que um Estado de Direito tinha considerado em segredo de justiça.
Re: É natural que assim aconteça!!!! (continuação)
É natural que assim aconteça!!!! (continuação II).
E então... pela DEMOCRACIA e para que seja a JUSTIÇA DE UM ESTADO DE DIREITO, RECONHECIDO MUNDIALMENTE COMO TAL, a contribuir e a colaborar para os contornos dessa mesma e verdadeira DEMOCRACIA.

                NO DIA 20 LÁ ESTAREI !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Re: É natural que assim aconteça!!!! (continuação
Esses são os '' fora da lei''....
Re: É natural que assim aconteça!!!! (continuação
Pois... caso apareça por lá...
Re: Pois... caso apareça por lá...
Não fique aborrecido...
Mascare-se, penso que só lhe fará bem...
Acha que sim?
Re: Acha que sim?
Atira a pedra e depois aponta para a sobrinha...
Re: Atira a pedra e depois aponta para a sobrinha.
Ano 1975
Há quem neste espaço , em relação a 1975, teime em ficar-se por meias verdades.
É verdade, que em Lisboa, quem esteve na frente foi o PS, que, entretanto , através de Mário Soares pediu ao cardeal patriarca para que mobilizasse os católicos no sentido de estarem presentes na Alameda, como estiveram.
Só com militantes do PS, nem um quarto da Alameda ocupavam!
E, ela estava repleta até ao I. S. Técnico
Portanto, não estavam "ocultos". Estavam presentes.
Porque se omite tal facto?
Deve dizer-se, a bem da verdade, que quem se opôs à ilegalidade do PCP foi o Major Melo Antunes.
Mas viremo-nos para o Norte: Quem é que assaltou o quartel, onde estavam acantonados os militares, chefiados por um tal Major Corvacho ?
Não foram os militantes do PSD ?
Não foi o coronel Pires Veloso, que chegou a ser apelidado de o "REI DO NORTE" ?
E de que esteve para marchar sobre Lisboa ?
Eu, era dessa altura, e sei do que falo.
Nunca desvalorizei o papel do PS, antes pelo contrário.
Mas, mais que Mário Soares, deve referir-se Salgado Zenha, que os socialistas, ingratamente, tentam ignorar e Manuel Alegre.
Nessa altura, a manifestação seguiu para S. Bento, contra a vontade de Mário Soares, porque receava um confronto com os deficientes das forças armadas com M. Alegre, à cabeça.
A determinada altura os militares deficientes dispararam alguns tiros, mas M. A. incita: NINGUÉM RECUA.
E lá continuámos. Eu nessa altura já era do PSD.
Não nos atirem, pois com poeira para os olhos
Re: Ano 1975
Re: Ano 1975
Re: Ano 1975
Re: Ano 1975
Re: Ano 1975
Re: Ano 1975 e as fugas de SÁ CARNEIRO Pª. LONDRES
Re: Ano 1975 e as fugas de SÁ CARNEIRO Pª. LONDRES
Re: Ano 1975 e as fugas de SÁ CARNEIRO Pª. LONDRES
Re: Ano 1975 e as fugas de SÁ CARNEIRO Pª. LONDRES
Re: Ano 1975 PARA MEMORIA DA COMUNAGEM
Vai para santa comba dão, fascista do elp
Re: Vai para santa comba dão, fascista do elp
Leituras
Que culpa tenho eu que pessoas tão cultas não saibam que uma palvra entre comas tem um significado e sem as mesmas tem outro ?
Perdoai-lhes Senhor !
Ainda estão a tempo de frequentarem um curso de Novas Oportunidades.
SIM SIM, NÃO NÃO
O PS faz bem levando em conta os antecedentes das manifestações de repúdio que produziram o efeito exactamente contrário. Todas as cautelas são poucas.
A minha manifestação
Entendo que o PS tem uma percentagem de incondicionais e de fanáticos inferior à generalidade dos outros partidos. Por isso sofre maior volatilidade nas eleições e é sempre o mais afectado pela abstenção. No entanto, o PS também não está isento desse tipo de simpatizantes cujas acções podem ter interesse em tempo de campanha eleitoral mas que nem sempre são convenientes fora desse período.
Sinceramente, não vejo nenhum interesse numa manifestação contra a campanha suja e em apoio a Sócrates. Portugal precisa mais de ponderação do que de palavras de ordem por mais suja que seja a campanha, que o é sem sombra de dúvida. Na verdade todas as campanhas que Sócrates tem sofrido e continuará a sofrer enquanto for PM só têm uma causa: o seu atrevimento em relação ao poder dos lobbies. A invejável força de Sócrates vem-lhe de dentro e não está no poder por outra coisa que pelos votos ao contrário do que os seus adversários querem fazer crer. O maior apoio que podemos dar a Sócrates é votar massivamente quando houver eleições. De nada serve andar a fazer barulho e falhar no momento em que as coisas se decidem.
Confesso que na última década me tenho abstido por estar fora do país mas nas próximas legislavas, caso Sócrates seja candidato, farei as viagens que forem necessárias para poder votar nele a bem da Portugal e dos portugueses mais desfavorecidos. Esta é a minha manifestação que fica desde já aqui patente.
Acho bem que não compareçam
Se não o preço dos ovos vão aumentar.
E onde esta o primeiro ministro á suspeitas?
Re: Acho bem
Re: Acho bem
Re: Acho bem
Re: Acho bem
Então lá teremos que ir ... Se é na Rua é na Rua
Acabei de ler e assinar a petição online: ««Vamos repudiar esta campanha suja contra o PS e contra Sócrates» »

http://www.peticaopublica...

Eu pessoalmente concordo com esta petição e acho que também podes concordar.

Subscreve a petição e divulga-a pelos teus contactos.
Já assinei!!! Lá estarei!!!
Re: Então lá teremos que ir ... Se é na Rua é na R
Re: Então lá teremos que ir ... Se é na Rua é na R
Já assinei e divulguei pelos meus contactos
O Carnaval está aí...
O Carnaval já começou há muito no país...! A máscara do Pinóquio já esgotou (o meu presidente usa outra máscara, felizmente!). Entre os entre tantos e coisa e tal, lá se vai distraindo o Zé-povinho com birras do tipo:
PS: isto tudo é um insulto, é absolutamente falso!
PSD, CDS, BE, PCP: isto é verdade e grave!
PS: é mentira, é calunioso…!
PSD....: é absolutamente verdadeiro!
(E não passa disto....)

SINTO-ME ENVERGONHADA! Parecem miúdos da “pré” a fazerem birras e a distrair a nossa atenção do que é verdadeiramente importante.
Será que os políticos não estão a ver que a imagem do país vai pela água abaixo?! (Para não falar na imagem deles…)

QUE VERGONHA!!!!! Estão TODOS a precisar de reforma, mas com uma pensão...zinha pequenita, não do tamanho dos narizes que apresentam!
palhaçadas!
vergonha na cara!
Comentários 145 Comentar

Últimas


Pub