Anterior
Seguro acusa Passos de ser cúmplice de Jardim (vídeo)
Seguinte
Prisão preventiva para detidos na maior apreensão de haxixe dos ...
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   PS: Alberto Martins é o único ex-ministro de Sócrates no Secretariado Nacional

PS: Alberto Martins é o único ex-ministro de Sócrates no Secretariado Nacional

Conheça a lista de António José Seguro para o Secretariado Nacional do PS.
Lusa |
O deputado socialista Alberto Martins
O deputado socialista Alberto Martins  / Estela Silva/Lusa

O deputado socialista Alberto Martins é o único ex-ministro de José Sócrates que fará parte do Secretariado Nacional, cujos membros foram todos apoiantes de António José Seguro na corrida à liderança do PS.

Além de Alberto Martins, o secretário-geral do PS propôs para o Secretariado Nacional António Galamba (que deverá assumir o pelouro da Organização), Eurico Dias (administrador do AICEP), Jamila Madeira (ex-líder da JS) e João Ribeiro (ex-dirigente da JS).

Integram ainda a lista de Seguro para o Secretariado Nacional do PS, o órgão de direção restrita deste partido, o ex-deputado Jorge Seguro Sanches, José Luís Carneiro (presidente da Câmara do Baião), Maria Amélia Antunes (presidente da Câmara do Montijo), Miguel Laranjeiro (deputado), Rui Solheiro (vice-presidente da Associação Nacional dos Municípios Portugueses) e Sónia Sanfona (ex-deputada).

O ex-deputado Marcos Sá substituirá o ex-líder do PS/Lisboa Miguel Coelho no cargo de diretor do jornal oficial deste partido, o "Ação Socialista", e o deputado alentejano Pita Ameixa assumirá o cargo de diretor da revista "Portugal Socialista".


Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 3 Comentar
ordenar por:
mais votados
J.Sócrates foi o "Prometeu portador de Fogo"
José Sócrates está e continuará presente na política portuguesa, por muito que alguns tentem saltar por cima da sua própria cabeça.

José Sócrates foi Vento Novo Fresco e Saudável que soprou neste nosso querido Portugal, que ninguém conseguirá contaminar. Não é a sua "sombra" que está presente, é o espírito Novo, o Fermento que deixou, a Semente que lançou na política e sociedade portuguesas.

Ele ousou enfrentar os corruptos deuses que residem no Olimpo Lusitano. José Sócrates foi, em Portugal, o "Prometeu portador do fogo" Ele foi o mais esclarecido e ditoso Heterodoxo que a ortodoxia carunchosa alguma vez conheceu.

Ele foi o Prisciliano, o portuguesíssimo Uriel da Costa e o enermado Espinosa que desta pátria recebeu inspiração.

Com ele estiveram grandes políticos portugueses.

Não sublimar o seu papel é traição.

Re: J.Sócrates foi o
Merecimento
Bem o Beto Silva merecia o cargo muito mais que qualquer outro dos seus sócios na anterior governação, pois apenas arranjou aquelas dezenazitas de milhares de euros para a patroa, enquanto o resto da rapaziada deve ter feito das boas, digo eu.
Comentários 3 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub