Anterior
Polémica Maitê Proença: Embaixada do Brasil lamenta vídeo
Seguinte
Hoje no Aparelho de Estado
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Prisão preventiva para candidato a autarca (com vídeo)

Prisão preventiva para candidato a autarca (com vídeo)

António Cunha, candidato do PS à freguesia de Ermelo suspeito de ter assassinado o marido da adversária do PSD, vai ficar em prisão preventiva por determinação do Tribunal de Mondim de Basto. (Veja vídeo SIC no final do texto)
Lusa |

O ex-candidato socialista à Junta de Ermelo, António Cunha, que domingo terá morto a tiro o marido da presidente daquela autarquia, vai ficar a aguardar o desenrolar do processo em prisão preventiva, determinou hoje o tribunal.

António Cunha, que se entregou às autoridades terça-feira, abandonou as instalações do Tribunal de Mondim de Basto cerca das 13:15 e de imediato as centenas de populares que ali se concentravam começaram a gritar palavras como "ladrão" e "assassino".

A população, que até se tinha começado a dispersar, voltou a aglomerar-se junto ao tribunal quando as televisões começaram a transmitir directos.

Na linha da frente da concentração dos populares permaneciam os familiares da vítima. O presumível homicida de Maximino Clemente, marido da presidente da junta de freguesia do Ermelo vai aguardar julgamento no estabelecimento prisional de Vila Real.

Segundo o major Luis Ventura, relações públicas do grupo territorial de Vila Real, referiu que António Cunha se entregou voluntariamente na terça-feira na Policia Judiciária de Braga e, pouco antes das 09:00 deu entrada no Tribunal da sua área de residência, Mondim de Basto.

O responsável disse ainda que a GNR preparou um forte dispositivo policial, com cerca de 50 militares, entre elementos do pelotão de intervenção e do destacamento territorial de Vila Real.

"Da forma como o crime ocorreu, era nossa obrigação tomarmos as medidas necessárias para não haver qualquer problema em termos de ordem pública", salientou.

Por causa do crime, as eleições em Ermelo foram adiadas para o próximo domingo. A GNR vai estar atenta mas, segundo Luís Ventura, a presença dos militares só se pode justificar, em termos legais, mediante um pedido por escrito do presidente da mesa de assembleia de voto.

"Se esse pedido for efectuado a GNR terá uma presença mais acentuada", sublinhou.


Opinião


Multimédia

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 9 Comentar
ordenar por:
mais votados
Finalmete foi apanhado!!!
E ficar em prisão preventiva, depois da fuga, não é propriamente nada que admire. No entanto continuo a pensar que esta história tem mais ingredientes do que aqueles que ainda conhecemos. Veremos...
Li em notícias anteriores que o assassino fugira .


Agora que se entregou ou foi apanhado é apenas suspeito ??

Será que agora os inocentes andam fugidos à justiça ???

Talvez seja mesmo assim ...muitos criminosos , vigaristas e delinquentes em geral continuam a pavonear-se pelas cidades impávidos e serenos com apresentações periódicas .
Caso Ermelo
Pelos testemunhos vindos a público, não há dúvida nenhuma que o homicídio foi mesmo premeditado.
E, se sentia inocente, qual o motivo porque andou a monte durante três dias ?
Porque se apresentou às autoridades sòmente na terça-feira ?
E, por fim, aquele Sr .da Câmara de Mondim de Basto, do PS que, muito ligeiramente, veio dizer que o acto se deve a legíitima defesa, não se retrata ?
Ou ainda continua a defender tal tese ?
Creio que é candidato à C. M. de Bondim de Basto, pelo PS...
Se tivesse um pingo de vergonha, retirava a candidatura
O presumível homicida, ficou em prisão preventiva !
Também só faltava, em face de factos tão evidentes, não ficar sujeito a tal pena !

Re: Caso Ermelo
Um democrata à lei da bala...
Se fossem outros a matar
caía o Carmo e a Trindade,
assim não se pode desfrutar
da sã vivência em sociedade.

Hedionda barbaridade
do tempo civilizacional,
a marca de incivilidade
desta política nacional.

A política “tabernizada”
e em estado miniatural,
tanta prosápia arrasada
pelo desarranjo cultural.
Que novidade!
Também só faltava o tipo não ter outra medida de coação que não a prisão, mas enfim no país em que estamos, não me surpreendia outra pena do género, apresentações periodicas.
Simples? como o desenho e percurso do ADN...
Este homem não poderia estar bem.

Terras de Basto, onde a gente é humilde, trabalhadora,se conhece toda e sabe que há - mesmo assim -desavenças insanáveis -mas muitas delas resolvidas de forma civilizada . Só posso considerar um acto semelhante à falta de cultura ou desvio de personalidade -adquirida sabe-se lá onde e porquê - para actuação tão drástica...

Estaremos nós com a nossa insensibilidade galopante - mesmo dos mais cultos e responsáveis - a contribuir para a criação de monstros?

Amanhã, ninguem poderá apontar o dedo a ninguem. Estamos a ficar piores do que lobos - sendo que estes como animais são predadores por necessidade...
CUIDADO...
... Que ainda veremos os advogados deste senhor, a processarem o estado, porque a lei diz que ...Quem se apresenta, voluntariamente, deve aguardar o desenrolar do problma em lberdade... querem ver?
metrelhadoras
Para quê tanta metrelhadora? Para mandar rajadas caso seja preciso?
Vivo em França. Esses tipos arrepiam-me ,fazem-me lembrar a "caça " ao homem que procurava uma vida melhor. Quelle belle democratie ? Rassurez-vous en France c'est pas mieux !
Comentários 9 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub