24 de abril de 2014 às 8:49
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Primeira transação financeira feita no espaço

Primeira transação financeira feita no espaço

O trader britânico Anton Kreil anunciou que vai ser o primeiro a efectuar uma transação financeira a partir do espaço. O voo está previsto para 2014.
Virgílio Azevedo (www.expresso.pt)
Anton Kreil: "Vou fazer História com esta transação" Anton Kreil: "Vou fazer História com esta transação"

Anton Kreil, antigo trader britânico da Goldman Sachs, anunciou que vai ser a primeira pessoa na história a fazer uma transação nos mercados financeiros a partir do espaço.

O acontecimento terá lugar em 2014, a bordo do vaivém XCOR Lynx MKII, da empresa de turismo espacial holandesa Space Expedition Corporation (SXC), e será uma operação financeira que envolverá a compra e venda de ações.

Kreil, que é presidente do Institute of Trading and Portfolio Management e um trader muito conhecido nos mercados financeiros internacionais, está em negociações com bancos de investimento e empresas cotadas em bolsa nos EUA e na Europa para patrocinarem a transação.

"Não vou fazer a operação em euros"


Mas o empresário já garantiu: "Não vou fazer a operação em euros, porque como as coisas estão pode até nem haver euros quando viajar para o espaço". Assim, a transação será efectuada em libras e em dólares.

Está prevista a transmissão do voo em direto pela Internet e o vaivém que transporta Anton Kreil partirá da famosa Base Espacial de Mojave, uma base privada no Deserto de Mojave, na Califórnia, ou da Base Espacial de Curaçau, uma das ilhas das Antilhas Holandesas (Caraíbas).

O trader demorará quatro minutos a chegar ao espaço e atingirá uma altitude superior a 103km. A altitude de 100km, conhecida por The Karman Line, é aceite a nível internacional como a fronteira do espaço. Kreil está a fazer os treinos de preparação para o voo na Base Aérea de Groningen, na Holanda.

Comentários 8 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Ora se as transacções financeiras terrestres
se fazem sem qualquer controle, imagine-se agora que podem ser feitas no espaço, nem com um binóculo de longo alcance. Os offshores estão desactualizados...
Offshore no espaço! Ver comentário
Salto qualitativo

Depois de ter atolado o planeta de transacções fictícias e exercícios de contabilidade criativa, a Goldman Sachs prepara-se para inaugurar a nova era da trafulhice financeira espacial.

Que Deus tenha misericórdia de nós!
Quando virem uma torrente de notas de dólar ...
... e libra em formação, qual bando de andorinhas a cruzarem o espaço, já sabem: a transacção está acontecer!

P.S.: isto não passa de puro show-off que atinge os níveis do redículo: um simples PC no vaivém, com acesso autenticado, via comunicaçãoes "vaivem-terra", ao sistema financeiro a partir do qual se deseja efectuar a transacção! Onde está a novidade, ou inovação: ZERO!
E já sei porque não usam Euros... Ver comentário
Eh Eh
e o que foi a primeira que utilizou uma ligação de satélite ???
LOL... masturbação... assim é doentia...
avisem quando conseguirem efectivamente fazer uma da lua (e não será novidade nenhuma..) alô Huston, we have a problem... em binário...
resta saber, na lua, o que se vai comprar... só pode ser ou ar ou água...é das cenas mais valiosas lá...
Escudo Cplp Padrão-Ouro Prata
Como é que uma notícia tão fútil como esta tem direito a referência destacada da edição online e direito a foto de dimensões usuais? Alguém me consegue explicar a oportunidade da "notícia"?
Ou será pelo chavão "não será em euros" logo o euro não é a moeda do futuro, logo o expresso também é pela queda do euro. Eu sou pela queda do euro, mas sou contra o populismo e demagogia que podem prejudicar muita gente comum...
American folk! À Portuguesa.... Ver comentário
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub