Siga-nos

Perfil

Presidenciais 2016

Sampaio da Nóvoa

Nóvoa: Um presidente a sério “não promete aprovar orçamentos que ainda não conhece”

  • 333

Tiago Miranda

O candidato a Belém acusou Marcelo Rebelo de Sousa de desrespeitar a separação de poderes e a dignidade da função presidencial. Num comício em Évora, Samapio da Nóvoa disse ainda que o professor anda a prometer “tudo a todos” durante a campanha

Lusa

Lusa

Texto

Tiago Miranda

Tiago Miranda

Fotos

Fotojornalista

O candidato presidencial Sampaio da Nóvoa disse esta terça-feira em Évora que um candidato que garante a assinatura de um orçamento sem o conhecer "está a servir mal os portugueses", mesmo sem ocupar o cargo.

"Um candidato a Presidente que dá por garantida a aprovação de um orçamento que ainda não conhece, apenas para apressar a sua eleição, já está a servir mal os portugueses, antes mesmo sequer de chegar a ocupar o cargo", afirmou Sampaio da Nóvoa, um dia depois das declarações de Marcelo Rebelo de Sousa sobre o assunto.

O antigo reitor falava esta terça-feira à noite num comício realizado no Teatro Garcia de Resende, em Évora, no qual defendeu que um presidente a sério "não promete aprovar orçamentos que ainda não conhece", acusando Marcelo de desrespeitar a separação de poderes e a dignidade da função presidencial.

"Marcelo quer fazer política dando aquilo que não tem e prometendo aquilo que não pode dar. E fá-lo com tal leviandade que é legítima a suspeita de que prometa aquilo que não tem a intenção de dar", sustentou.

Frisando que nunca ninguém o ouvirá garantir a sua assinatura num documento que não conhece, Nóvoa acusou ainda o "Marcelo de 2016" de esconder o "Marcelo de 2015, 2014 e 2013", ao prometer "tudo a todos" na campanha para as eleições presidenciais de 24 de janeiro.

"Não há nada que Marcelo não diga. Até garante a promulgação de um orçamento que não conhece, como se Belém fosse a sede do Governo e do parlamento", criticou.

No evento que encerrou o terceiro dia de campanha discursaram também a coordenadora e o mandatário distrital da candidatura Capoulas Santos, o atual ministro da Agricultura do Governo de António Costa.

Em três dias, Nóvoa já percorreu sete distritos, estando previstas para quarta-feira ações nos distritos de Beja e Faro.