Siga-nos

Perfil

Presidenciais 2016

Candidatos

Debate entre Marcelo e Maria de Belém foi o mais visto

  • 333

José Sena Goulão/Lusa

O frente a frente entre Marcelo Rebelo de Sousa e Maria de Belém teve uma audiência média de 850,8 mil espectadores na estação pública

O debate entre os candidatos presidenciais Marcelo Rebelo de Sousa e Maria de Belém, transmitido a 8 de janeiro pela RTP1, foi o mais visto de todos, de acordo com dados da GfK tratados pela Carat.

O frente a frente televisivo entre Marcelo Rebelo de Sousa e Maria de Belém no canal público registou um 'share' de audiência de 17,4%, com uma audiência média de 850,8 mil espectadores.

Este debate registou metade da audiência obtida no frente a frente mais visto na corrida às eleições presidenciais de 2011, entre Cavaco Silva e Manuel Alegre.

Realizado a 29 de dezembro de 2010 e transmitido pela RTP1, o debate entre Cavaco Silva e Manuel Alegre liderou as audiências, com 34,9% de 'share' e uma audiência acumulada de mais de 1,3 milhões de espetadores, de acordo com os dados tratados pela Carat.

O frente a frente entre Edgar Silva e Marcelo Rebelo de Sousa, também transmitido pela RTP1, neste caso a 05 de janeiro, foi o segundo mais visto, com uma quota de audiência de 14,9% e uma audiência média de 713,4 mil pessoas.

O terceiro e o quarto debate mais vistos na corrida às presidenciais foram transmitidos pela estação pública.
O frente a frente entre Henrique Neto e Maria de Belém, transmitido a 4 de janeiro pela RTP1, obteve uma quota de audiência de 14% e foi visto, em média, por 691,9 mil pessoas, enquanto o debate a três - Jorge Sequeira, Maria de Belém e Vitorino Silva (Tino de Rans) -, realizado a 07 de janeiro, obteve um 'share' de 13,6% e uma audiência média de 670,8 mil telespetadores.

O debate Marisa Matias e Sampaio da Nóvoa no canal público, que inaugurou o ciclo de debates de candidatos às eleições presidenciais, transmitido a 01 de janeiro, ficou em quinto lugar e obteve uma quota de audiência de 13,2%. Este debate teve uma audiência média de 602,3 mil espectadores.

Comparativamente às eleições presidenciais de 2011, as audiências registadas nesta corrida foram bastante inferiores.
Por exemplo, o segundo debate mais visto nas eleições de há cinco anos (Manuel Alegre/Defensor Moura, RTP1), de acordo com dados da Carat, obteve um 'share' de 22,3% e uma audiência média de 800,7 mil pessoas, enquanto o terceiro frente a frente com mais telespetadores (Manuel Alegre/Fernando Nobre, TVI) registou uma quota de audiência de 20,7% e foi visto por 760,7 mil pessoas.

Em termos de audiência acumulada por cada candidato, de acordo com dados tratados pela Carat, Maria de Belém lidera com 2,3 milhões de pessoas e 11 presenças televisivas, seguida de Marcelo Rebelo de Sousa (2,2 milhões e 14 presenças na televisão), de Edgar Silva e Henrique Neto.

Nas presidenciais anteriores, Manuel Alegre registava uma audiência acumulada de 3,8 milhões, com 12 presenças televisivas, seguido de Aníbal Cavaco Silva, com 3,7 milhões e 14 presenças na televisão.