Siga-nos

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Vitorino Silva votou em Rans e previu pouca abstenção

  • 333

O candidato Vitorino Silva “Tino” votou na freguesia de Rans

Octávio Passos/Lusa

“Tino de Rans”, como gosta de ser chamado, votou na mesa da secção de voto presidida pela sua filha

O candidato à presidência da República, Vitorino Silva, votou hoje na sua freguesia de Rans, em Penafiel, onde previu pouca abstenção, porque “as pessoas cada vez estão mais livres”.

“Vai haver pouca abstenção, porque as pessoas estão cada vez estão mais livres e perceberam que, cada vez, são mais importantes para o futuro deste país”, afirmou aos jornalistas, depois de ter exercido o seu direito de voto, pouco passava das 10:00.

Questionado sobre a previsão que fizera sobre a abstenção, afirmou: “Na campanha vi muita gente dizer que ia votar desta vez. Senti que as pessoas perceberam que o voto é o seu maior património e que não vão descurar o património que têm”.

Sorridente, Vitorino Silva, o “Tino de Rans”, como gosta de ser conhecido, tinha sido recebido, à porta da sede da Junta de Freguesia de Rans, por alguns populares, que lhe desejaram boa sorte.

Aos jornalistas, o candidato de 44 anos, calceteiro de profissão, disse ter-se arrepiado quando votou, destacando ter recebido o boletim das mãos da sua filha, de 18 anos, que presidia à mesa da secção de voto.

“Eu nunca me esqueci da família e é a partir da família que se pode conquistar o país. O país tem de ser uma família. É este o exemplo que eu também quis dar”, sublinhou.

Referiu também que, ao “receber o boletim das mãos de uma jovem”, lembrou-se de “todos os jovens que, infelizmente, muitas vezes não comparecem”.

A propósito, Vitorino Silva acrescentou: “Num país em que o voto de um jovem não vale tanto como o voto de um idoso, gostaria que todos votassem, que não votasse só uma parte dos portugueses”.

O candidato avançou que vai almoçar com a família em Rans e seguirá depois para Lisboa, onde disse ter uma sede regional, para acompanhar o apuramento dos resultados.