Siga-nos

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Tino de Rans: “Estás contente, Catarina?”

  • 333

Alberto Frias

Vitorino Silva ficou em primeiro lugar na sua terra e já falou com a filha Catarina, a presidente da mesa de voto em Rans

Os telemóveis não param de tocar. No 10º piso da torre 2 das Amoreiras, a sala é pequena para tanta emoção. “Estou mortinho por ver os votos dos emigrantes”, atira Tino de Rans depois de mais um direto para a televisão.

A torcer para que “haja mais uma voltinha”, que é como quem diz, que os resullados obriguem a uma segunda volta, Tino de Rans acaba por revelar que para si o bom resultado é: “que as pessoas votassem livres”. O que na sua opinião acabou por acontecer tendo em conta o seu resultado que para já o colocam em 5º lugar.

Preocupado por ainda não ter conseguido falar com a filha, quando finalmente o faz, Vitorino Silva não consegue esconder a emoção quando atende o telemovel: “Estás contente, Catarina? Estás contente?”. A chamada cai e aquele que começou por ser um momento entre pai e filha, transformou-se num “show” aproveitado por praticamente todos os jornalistas presentes na sala.

Entretanto, Zé Manuel, irmão de Tino a quem este chamou de "GPS" durante toda a campanha por ser o motorista de serviço, não para de atender telefonemas. “Estou com o meu telemovel, o do meu irmão e o da mulher dele. Já recebi centenas de telefonemas de amigos e familiares só neste bocadinho. Até pareço um jornalista”, brincou o também calceteiro Ze Manuel, emigrante em França.

Vigiado de perto por Margarida Ferreirinha, uma espécie de “faz tudo” da campanha, que vai “metendo a colher” em quase todas as conversas que o candidato tem com os jornalistas, Tino de Rans faz questão de enviar “um forte abraço” às suas gentes, depois de saber que ficou em primeiro lugar na sua terra, Rans, e em 2º, em Penafiel.