Siga-nos

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

PCP já faz avisos a Marcelo Presidente: “Tem de ser o garante do que é decidido no Parlamento”

  • 333

Marcos Borga

Ainda admitem oficialmente que “não está afastada uma segunda volta”, mas, na prática, os comunistas começam a preparar-se para a vitória de Marcelo

Demorou pouco mais de uma hora após o encerramento oficial das urnas em todo o território para que o PCP começasse a assumir a hipótese de uma vitória de Marcelo Rebelo de Sousa à primeira volta. A deputada Rita Rato fez questão de sublinhar que "até ao lavar dos cestos é vindima" e que "não se pode ainda afastar a hipótese de uma segunda volta". Mas perante os resultados oficiais que vão sendo divulgados, foi difícil fugir ao desaire eleitoral.

Edgar Silva pode ter o pior resultado de sempre de um candidato presidencial do PCP (o pior tinha sido António Abreu em 2001 com 5,1%) e por isso começa a ser preparado o terreno. Rita Rato deixou já um recado ao candidato de direita que era o principal adversário dos comunistas e que é dado como o próximo Chefe de Estado: "É o Presidente que tem de se conformar ao Parlamento e não o Parlamento que tem de se conformar ao Presidente", disse.

A maioria de esquerda tem na Assembleia o seu posto avançado. Mas serão Edgar Silva e Jerónimo de Sousa quem encerrará a noite eleitoral. As suas intervenções estão previstas para as 21h30.