Siga-nos

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Marçal Grilo. “Maria de Belém foi vítima de assassinato político”

  • 333

Luís Barra

Mandatário nacional da candidatura de Belém critica duramente a campanha eleitoral, onde diz que “valeu tudo”

“A Maria foi vítima de um assassinato político nos últimos dias”. As palavras são de Eduardo Marçal Grilo, ex-ministro e mandatário nacional da candidatura de Maria de Belém, que reagiu esta noite aos maus resultados que as projeções atribuem à candidata.

Na sede de campanha de Maria de Belém, Marçal Grilo criticou duramente a atitude dos candidatos durante a campanha eleitoral, “muito abaixo daquilo que os portugueses merecem”: “É uma forma de fazer política que rejeito em absoluto”, argumentou.

Declarando que nesta campanha “valeu tudo”, o mandatário de Maria de Belém acusou alguns candidatos de aproveitarem a polémica das subvenções vitalícias para atacar a candidata. “Ninguém pegou nos temas que a Maria de Belém pôs em cima da mesa”, lamentou.

  • Belém endossa culpa de resultados

    Numa primeira reação às projeções, José Vera Jardim atribuiu responsabilidades à "vaga de populismo demagógico cavalgada e incentivada pelos outros candidatos" e à posição pública de dirigentes e governantes do PS