Siga-nos

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Eurosondagem: abstenção entre 49% e 53,2%

  • 333

Mário Cruz/Lusa

Maior do que este valor só a abstenção de 53,48% em 2011, quando Cavaco Silva foi reeleito. Urnas já fecharam em Portugal Continental e na Madeira

Dados da Eurosondagem revelam que a abstenção nas eleições presidenciais deste domingo situar-se-á entre os 49% e os 53,2%. Maior do que este valor só a abstenção de 53,48% em 2011, quando Cavaco Silva foi reeleito. No entanto, em todas as eleições em que um Presidente da República foi eleito pela primeira vez (Eanes em 1976, Soares em 1986, Sampaio em 1996 e Cavaco em 2006) a abstenção ficou-se sempre em níveis muito abaixo daqueles que hoje são esperados.

Em 1976, quando Ramalho Eanes foi eleito pela primeira vez, a abstenção foi de 24,53%; em 1986, na segunda volta, a que concorreram Mário Soares e Freitas do Amaral, a abstenção situou-se nos 22,01%. Em 1996, quando Sampaio derrotou Cavaco, a abstenção ficou nos 33,71% e em 2006, quando Cavaco foi eleito pela primeira vez foi de 38,47%.

A afluência às urnas foi durante todo o dia superior à registada em 2011. Até ao meio-dia deste domingo, situou-se em 15,82%, segundo a Comissão Nacional de Eleições (CNE). Em 2011, à mesma hora, situava-se nos 13,39%. Até às 16h, a afluência era de 37,69%, 2,53 pontos percentuais superior à registada, à mesma hora, nas últimas eleições presidenciais - 35,16%.

As urnas abriram esta manhã às 8h em Portugal Continental e na Madeira e uma hora depois nos Açores devido à diferença horária, encerrando às 19h. Para este sufrágio estão inscritos 9.741.792 eleitores, mais 85.318 do que em 2011.

De acordo com a análise do editor de política do Expresso, num texto publicado no dia 21 deste mês, se nestas eleições a abstenção ultrapassar a fasquia dos 50%, o impacto vai sentir-se no resultado de todas as candidaturas, mas sobretudo na de Marcelo Rebelo de Sousa. Num cenário de elevada abstenção, a eleição presidencial pode só ficar resolvida numa segunda volta – a 14 de fevereiro.