Siga-nos

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Candidatura de Nóvoa valoriza “margem de incerteza”

  • 333

Tiago Miranda

Na sede, há quem ache que ainda é possível...ou não. “É morrer na praia”, diz uma apoiante

Luísa Meireles

Luísa Meireles

Redatora Principal

As caras dizem tudo. Não há sorrisos na sede da candidatura de Sampaio da Nóvoa, porque as sondagens divulgadas, todas dando a vitória a Marcelo Rebelo de Sousa, não animam.

Correia de Campos, o mandatário nacional de Sampaio da Nóvoa, considerou, no entanto que os primeiros resultados divulgados não são conclusivos e dão uma "margem de grande incerteza" sobre os resultados finais. As suas declarações foram feitas pouco depois do fecho da jornada eleitoral e da divulgação das sondagens à boca da urna.

"A fiabilidade do método e a proximidade do candidato mais votado do limite da maioria absoluta não permite conclusões definitivas", pelo que, disse, "vamos ter de esperar".

Ao que o Expresso apurou, nas freguesias em que até agora foi concluída a votação, as as pequenas e no interior, Marcelo Rebelo de Sousa está sempre 4 pontos percentuais abaixo do que teve Cavaco Silva em 2011.

Por isso, a questão é: a tendência mantém-se quando chegar aos grandes centros? Há quem na candidatura ache que sim, outros que não. O cotejo dos resultados está a ser feito em tempo real e por isso Nóvoa ainda "não entregou os pontos". Será até ao fim.

Mas há muita gente anónima pela sede que diz que, se a derrota for por pouco, é como "morrer na praia".