Siga-nos

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Marcelo aposta no superpoder. Nóvoa na conjuntura

  • 333

À luz das últimas horas de campanha e sobretudo depois do que aconteceu nos debates das tv generalistas, o combate para eleição presidencial está a concentrar-se em Marcelo Rebelo de Sousa e Sampaio da Nóvoa. Maria de Belém está a mostrar claras dificuldades em impor o seu discurso. E parece demasiado agarrada ao guião traçado pelos profissionais de comunicação que a assessoram. No terreno, e ao dispensar o apoio do PSD e do CDS, Marcelo corre sérios riscos de desmobilização, mas se a estratégia funcionar, se for eleito, todos os votos que conseguir serão seus. Terá um superpoder. Fica sem faturas para pagar. Pelo contrário, Sampaio da Nóvoa está a deixar-se “arrumar” demasiado no campo de António Costa e da solução das esquerdas. Problema: ao tornar-se no candidato da conjuntura, pode estar a comprometer a independência que terá de ter se chegar a Belém. A análise da campanha para as presidenciais de Bernardo Ferrão, editor de Política do Expresso

Bernardo Ferrão

Bernardo Ferrão

Subdiretor da SIC