Siga-nos

Perfil

Prémio Pessoa

  • Laureado Prémio Pessoa 2012 - Richard Zenith

    Laureados

    Richard Zenith tem 56 anos. Natural de Washington DC, vive em Portugal desde 1987 e é cidadão português há cinco anos. Licenciado em Letras na University of Virginia, viveu na Colômbia, no Brasil e em França antes de se radicar em Lisboa. Escritor, investigador e crítico é um dos maiores divulgadores e tradutores de autores da Literatura portuguesa.

  • Laureado Prémio Pessoa 2011 - Eduardo Lourenço de Faria

    Laureados

    Eduardo Lourenço de Faria nasceu em S. Pedro de Rio Seco, Almeida, em 1923, e é administrador não-executivo da Fundação Calouste Gulbenkian desde Setembro de 2002. Ensaísta e crítico literário, licenciou-se em Ciências Histórico-Filosóficas na Universidade de Coimbra (1946), instituição na qual se manteve, como professor assistente de Filosofia, de 1947 a 1953. Em 1954 saiu do país, passando a leccionar Língua e Cultura Portuguesas, como leitor do governo português, em várias universidades: Hamburgo, Heidelberg, Montpellier. Foi depois regente da cadeira de Filosofia na Universidade da Bahia (1958-59). Voltando a França, tornou-se leitor a cargo do governo francês nas universidades de Grenoble (1960-65) e de Nice, tendo-se fixado nesta última, onde se manteve desde 1969, como maître-assistant e professor associado, até à jubilação (1988).

  • Laureado Prémio Pessoa 2010 - Maria do Carmo Fonseca

    Laureados

    Maria do Carmo Fonseca é Professora Catedrática de Biologia Celular e Molecular na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e Directora Executiva do Instituto de Medicina Molecular. É ainda Directora do programa internacional de investigação translacional e clínica Harvard Medical School – Portugal. A Unidade de investigação que dirige no Instituto de Medicina Molecular dedica-se à compreensão da dinâmica nuclear e regulação da expressão genética, com o objectivo de melhor perceber as doenças causadas por defeitos nestes processos celulares.

  • Laureado Prémio Pessoa 2007 - Irene Flunser Pimentel

    Laureados

    Expresso

    Irene Flunser Pimentel nasceu em 2 de Maio de 1950 em Lisboa. Licenciou-se em História pela Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa, em 1984. Fez o Mestrado em História Contemporânea (variante século XX) na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, em Julho de 1997, com a tese Contributos para a História das Mulheres no Estado Novo. As organizações femininas do Estado Novo (Obra das Mães pela Educação Nacional e Mocidade Portuguesa Feminina), 1936-1966, que obteve a classificação de Muito Bom, Doutorou-se, em, 23 de Janeiro de 2007, em História Institucional e Política Contemporânea pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com a tese A Polícia Internacional de Defesa do Estado. Direcção-Geral-de-Segurança (PIDE/DGS). História da Polícia Política do estado Novo. 1945-1974, com a classificação Muito Bom com Distinção e Louvor por unanimidade,

  • Laureado Prémio Pessoa 2005 - Luis Miguel Cintra

    Laureados

    Nasceu em Madrid em 1949. Iniciou a sua carreira de actor e encenador em 1968 no Grupo de Teatro da Faculdade de Letras de Lisboa. Frequentou a Bristol Old Vic Theater School em Inglaterra. Em 1973 fundou em Lisboa com Jorge Silva Melo o Teatro da Cornucópia que desde essa data dirige, agora com Cristina Reis, e onde encenou Molière, Bertold Brecht, Jean Jourdheuil-Bernard Chartreux, Rezvani, Dario Fo, Fiama Hasse Pais Brandão, Plauto, António José da Silva (o Judeu), Jean Paul Wenzel, Goethe, Eduardo de Filippo, Heiner Muller, Shakespeare, Wycherley, Horvath, Strindberg, Kroetz, Edward Bond, Gil Vicente, Garcia Lorca, Lope de Vega, Pirandello, Beckett, Manoel de Figueiredo, Joe Orton, Raul Brandão, Botho Strauss, Anrique da Mota, Jean Genet, Ruy Belo, Beaumarchais, Pasolini, Holderlin, Lenz, Sophia de Mello Breyner Andresen, Ramuz/Stravinsky, Séneca, Calderón de la Barca, Luis de Camões, Kleist, Fassbinder, Tchekov. Foi actor em quase todos os espectáculos que encenou. Representou ainda Marivaux, Gorki, Michel Deutsch, Buchner, Karl Valentin, Francisco de Holanda, Peter Handke, Courteline, Corneille, Jean-Claude Biette, Molnár, Grabbe, etc.

  • Laureado Prémio Pessoa 2004 - Mário Cláudio

    Laureados

    Mário Cláudio (pseudónimo de Rui Manuel Pinto Barbot Costa) nasceu no Porto, em 6 de Novembro de 1941. Nesta cidade efectuou estudos secundários. Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, veio a diplomar-se mais tarde com o Curso de Bibliotecário-Arquivista, da Faculdade de Letras da mesma Universidade. Como bolseiro do Instituto Nacional de Investigação Científica, frequentou a Universidade de Londres (University College), onde se pós-graduou como Master of Arts in Library and Information Studies. É técnico superior do Ministério da Cultura desde 1980 e professor do ensino superior. Foi condecorado com a Ordem de Santiago de Espada.