28
Anterior
Santana Lopes dedica 'post' a Marcelo Rebelo de Sousa
Seguinte
Ana Drago demite-se da Comissão Política do BE
Página Inicial   >  Política  >   Portugal já admite Guiné-Equatorial na CPLP

Portugal já admite Guiné-Equatorial na CPLP

O secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, Luis Campos Ferreria, abordou a questão num colóquio em Lisboa
|

A antiga colónia espanhola em África, que pediu a adesão à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) em 2010, e que viu a sua pretensão recusada em grande parte devido à resistência de Lisboa, pode vir a ser este ano admitida na organização, por ocasião da cimeira de Julho, em Díli.

O Governo português admite agora uma posição de "apoio empenhado e construtivo"' ao processo, tal como foi afirmado pelo secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação.

Luis Campos Ferreira fez estas declarações numa intervenção num colóquio sobre o tema em Lisboa, em dezembro.

Esta mudança de estratégia do Governo face à entrada na CPLP de um país considerado como uma das piores ditaduras africanas, deve-se à posição dos seus parceiros na organização, mais favoráveis à adesão, mas é ressalvada pela condição da Guiné-Equatorial dar sinais inequívocos de abertura e empenhamento no cumprimento do programa de ação a que se comprometeu com a CPLP.

Leia mais na edição deste sábado do Expresso.

Opinião


Multimédia

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 28 Comentar
ordenar por:
mais votados
Espero oposição cerrada...

pelo menos da parte do Brasil e de Cabo Verde, já que com os africanos brancos que nos governam, tudo é possível no apoio a regimes mais que duvidosos.
.
Ó sôr empresário dos 4 cantos...
.
Portugal pode ajudar na implantação da Democracia
Pode ser uma boa maneira de a Democracia começar a funcionar naquele país.

As pressões internacionais podem ajudar a que os países com pouca vocação democrática, comecem a por em prática as regras democráticas.

A CPLP pode ter um papel pedagógico em África.

.
R: E será que eles querem?
democrá-cias
R: Homem de pouca fé...
Regras...
Falta o Malawi e a R. Centro Africana do Bokassa
.
eh viva os ditadores
Pois assim é que é, porque não admitir ditadores no meio da CPLP ? Portugal está a um passo de se tornar de novo numa ditadura e faz parte da CPLP, portanto os outros também têem direito de fazer parte da mesma máfia.
.
.
O objetivo é outro...
O objetivo do lado da Guiné Equatorial é poder mandar umas centenas de iletrados e criminosos para Portugal...Ainda temos poucos e precisamos de mais...
O que é que,
A Guiné Equatorial tem haver ,com os paises de lingua lusofona?
Quais são os ganhos que Portugal, pode retirar,com entrada desse
país?Só espero que Portugal,não se torne,numa nova ilha de Lampedusa
para a imigração africana?
guiné equatorial na cplp
porquê? são falantes da língua portuguesa?
Se o Soares foi
1o ministro e presidente, o Sempaio foi presidente e o Sócrates foi 1o ministro, melhor merece a Guiné ainda por cima Equatorial entrar na CPLP. Sem sombra de dúvida.
O que esconde o estado português?
Electrodomésticos... Armas... Urânio... Uma carga nuclear... O que transportava o navio Bolama? Veja o Blog de Investigação: naviobolama.blogspot.pt
Para quem pensava
que CPLP é só para idioma oficial "Português", aqui está uma novidade. É doravante, admitido o idioma oficial "Espanhol". Penso que vai haver alteração na sigla que será qualquer coisa como: CPLPE (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa ou Espanhola)
Mais uma prova. Quem fala de protectorado
Eu queria responder, mas...
Somos na realidade
Um País ABERTO ao mundo mas bem FECHADO para os Portugueses brancos!
Aqui, na nossa terra, estamos a ficar encerrados num GUETO, sem escapadela, e estes anormais a pensar "alargar" a nossa língua para onde não devem!
Isto diz TUDO desta "gentinha doida"!...
O que virá a seguir????
Será que ainda nos podemos apelidar de PORTUGUESES???
Será que ainda falamos PORTUGUÊS???
É uma palavra que está a perder o sentido!...
Não suporto esta gente!...
O QUÊ?MANDOU ANGOLA QUE ASSIM SEJA?
Sabendo nós a proximidade de relações amistosas entre os ditadores dos 2 países(Angola/Guiné Equatorial),será que outros valores não impedem a escumalha de impôr a sua vontade?Estamos cada vez mais na 2ª divisão dos direitos humanos e da grandeza civilizacional!Com os governantes actuais tudo é possivel,e até o regresso ao canibalismo nunca será um modo de vida totalmente erradicado...Aguardam-se os próximos episódios desta novela...
Miguel de Vasconcelos.
Uma vergonha !
Abaixam-se ás conveniências do Zé dos Santos.
Por dinheiro até a mãe eles vendem...
só uma piqueníssima pergunta:
Na Guiné Equatorial falam Português? E é língua oficial?
CPLP: comunidade de países de língua portuguesa...
Não é, mas
vamos rir
ah ah ah ah ah ah ah ahah
Já massajei o figado.
Comentários 28 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub