17 de abril de 2014 às 16:09
Página Inicial  ⁄  Política  ⁄  Portugal já admite Guiné-Equatorial na CPLP

Portugal já admite Guiné-Equatorial na CPLP

O secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, Luis Campos Ferreria, abordou a questão num colóquio em Lisboa
Luísa Meireles

A antiga colónia espanhola em África, que pediu a adesão à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) em 2010, e que viu a sua pretensão recusada em grande parte devido à resistência de Lisboa, pode vir a ser este ano admitida na organização, por ocasião da cimeira de Julho, em Díli.

O Governo português admite agora uma posição de "apoio empenhado e construtivo"' ao processo, tal como foi afirmado pelo secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação.

Luis Campos Ferreira fez estas declarações numa intervenção num colóquio sobre o tema em Lisboa, em dezembro.

Esta mudança de estratégia do Governo face à entrada na CPLP de um país considerado como uma das piores ditaduras africanas, deve-se à posição dos seus parceiros na organização, mais favoráveis à adesão, mas é ressalvada pela condição da Guiné-Equatorial dar sinais inequívocos de abertura e empenhamento no cumprimento do programa de ação a que se comprometeu com a CPLP.

Leia mais na edição deste sábado do Expresso.
Comentários 28 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Espero oposição cerrada...

pelo menos da parte do Brasil e de Cabo Verde, já que com os africanos brancos que nos governam, tudo é possível no apoio a regimes mais que duvidosos.
. Ver comentário
Ó sôr empresário dos 4 cantos... Ver comentário
. Ver comentário
Portugal pode ajudar na implantação da Democracia
Pode ser uma boa maneira de a Democracia começar a funcionar naquele país.

As pressões internacionais podem ajudar a que os países com pouca vocação democrática, comecem a por em prática as regras democráticas.

A CPLP pode ter um papel pedagógico em África.

. Ver comentário
R: E será que eles querem? Ver comentário
democrá-cias Ver comentário
R: Homem de pouca fé... Ver comentário
Regras... Ver comentário
Falta o Malawi e a R. Centro Africana do Bokassa
.
eh viva os ditadores
Pois assim é que é, porque não admitir ditadores no meio da CPLP ? Portugal está a um passo de se tornar de novo numa ditadura e faz parte da CPLP, portanto os outros também têem direito de fazer parte da mesma máfia.
. Ver comentário
. Ver comentário
O objetivo é outro...
O objetivo do lado da Guiné Equatorial é poder mandar umas centenas de iletrados e criminosos para Portugal...Ainda temos poucos e precisamos de mais...
O que é que,
A Guiné Equatorial tem haver ,com os paises de lingua lusofona?
Quais são os ganhos que Portugal, pode retirar,com entrada desse
país?Só espero que Portugal,não se torne,numa nova ilha de Lampedusa
para a imigração africana?
guiné equatorial na cplp
porquê? são falantes da língua portuguesa?
Se o Soares foi
1o ministro e presidente, o Sempaio foi presidente e o Sócrates foi 1o ministro, melhor merece a Guiné ainda por cima Equatorial entrar na CPLP. Sem sombra de dúvida.
O que esconde o estado português?
Electrodomésticos... Armas... Urânio... Uma carga nuclear... O que transportava o navio Bolama? Veja o Blog de Investigação: naviobolama.blogspot.pt
Para quem pensava
que CPLP é só para idioma oficial "Português", aqui está uma novidade. É doravante, admitido o idioma oficial "Espanhol". Penso que vai haver alteração na sigla que será qualquer coisa como: CPLPE (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa ou Espanhola)
Mais uma prova. Quem fala de protectorado Ver comentário
Eu queria responder, mas... Ver comentário
Somos na realidade
Um País ABERTO ao mundo mas bem FECHADO para os Portugueses brancos!
Aqui, na nossa terra, estamos a ficar encerrados num GUETO, sem escapadela, e estes anormais a pensar "alargar" a nossa língua para onde não devem!
Isto diz TUDO desta "gentinha doida"!...
O que virá a seguir????
Será que ainda nos podemos apelidar de PORTUGUESES???
Será que ainda falamos PORTUGUÊS???
É uma palavra que está a perder o sentido!...
Não suporto esta gente!...
O QUÊ?MANDOU ANGOLA QUE ASSIM SEJA?
Sabendo nós a proximidade de relações amistosas entre os ditadores dos 2 países(Angola/Guiné Equatorial),será que outros valores não impedem a escumalha de impôr a sua vontade?Estamos cada vez mais na 2ª divisão dos direitos humanos e da grandeza civilizacional!Com os governantes actuais tudo é possivel,e até o regresso ao canibalismo nunca será um modo de vida totalmente erradicado...Aguardam-se os próximos episódios desta novela...
Miguel de Vasconcelos.
Uma vergonha !
Abaixam-se ás conveniências do Zé dos Santos.
Por dinheiro até a mãe eles vendem...
só uma piqueníssima pergunta:
Na Guiné Equatorial falam Português? E é língua oficial?
CPLP: comunidade de países de língua portuguesa...
Não é, mas Ver comentário
vamos rir
ah ah ah ah ah ah ah ahah
Já massajei o figado.
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub