Anterior
Portugal financiou-se a juros mais baixos
Seguinte
BCE não mexe nos juros
Página Inicial   >  Economia  >   Portugal coloca dívida a juros mais baixos do que Espanha

Portugal coloca dívida a juros mais baixos do que Espanha

Os Bilhetes do Tesouro a 12 meses colocados por Portugal estão a pagar juros mais baixos que os de Espanha para a mesma maturidade.
|

Portugal colocou hoje mil milhões de euros de Bilhetes do Tesouro a 12 meses a uma taxa de juro de 3,834%, contra 3,89% (no mercado secundário) para a títulos de Espanha com a mesma maturidade, indica o Banco Carregosa.

O mesmo banco nota ainda que no caso da Alemanha, o que se passa é que são os investidores a pagar para deterem títulos de dívida daquele país.

Filipe Silva, diretor de gestão de ativos daquele banco diz que é um facto que Portugal tem, neste momento, uma taxa ligeiramente mais baixa que Espanha, na dívida a 12 meses, mas isto não tem qualquer significado.

"A percepção do risco sobre Portugal está a melhorar, e são já vários os elogios interncionais às medidas de consolidação orçamental que estão a ser levadas a cabo pelo Governo, enquanto que Espanha está agora a ser fortemente penalizada por vários motivos que todos nós conhecemos".

Para a dívida a 12 meses a Alemanha apresenta agora uma taxa de juro negativa de 0,003%.

Recorde-se que hoje Portugal conseguiu colocar 1,5 mil milhões de euros de dívida a seis e doze meses, pagando juros mais baixos que no último leilão, uma redução mais pronunciada no prazo a seis meses, com juros a 2,653% - abaixo dos 2,935% relativos à última emissão realizada em maio.


Opinião


Multimédia

E que tal uma canjinha de pato?

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

Os assassínios, as execuções, as decapitações são as imagens mais chocantes de uma propaganda cada vez mais sofisticada. É a Jihad, que recruta guerrilheiros no ocidente para matar e morrer na Síria. O Expresso seguiu as pisadas de cinco jiadistas portugueses, mostrando quem são e como foram convertidos e radicalizados. E como lutam, como foram morrer - e como já haverá arrependidos com medo de fugir. Reportagem em Londres, no café onde viam jogos de futebol, na universidade onde estudavam e na mesquita onde rezavam. Autoridades e especialistas em terrorismo estão alerta sobre este pequeno mas perigoso grupo, onde corre sangue português - e de onde escorre sangue por Alá.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Piza de manga com estragão e canela

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.

Desaparecidos para sempre no Mar do Norte

O dia 15 de novembro já foi feriado, há 90 anos. A razão foi o desaparecimento de Sacadura Cabral algures no Mar do Norte. Depois de fazer mais de oito mil quilómetros de Lisboa ao Rio de Janeiro, o aviador pioneiro não conseguiu completar o voo entre a cidade holandesa de Amesterdão e a capital portuguesa. Ainda hoje, não se sabe o que aconteceu ao companheiro de Gago Coutinho e tio-avô de Paulo Portas, a quem o Expresso pediu um sms.

Os muros do mundo

Novembro relembrou-nos os muros que caem, mas também os que permanecem e os que se expandem. Berlim aproximou-se de si própria há 25 anos, mas há muros que continuam a desaproximar. Esta é a história de sete deles - diferentes, imprevisíveis, estranhos.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Terror religioso está a aumentar

Relatório sobre a Liberdade Religiosa é divulgado esta terça-feira em todo o mundo. Dos 196 países analisados, só em 80 não há indícios de perseguições motivadas pela fé.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?


Comentários 34 Comentar
ordenar por:
mais votados
Arghhh... a quem o jornalista quer enganar?
Arghhh... a quem o jornalista quer enganar? Há de facto aqui uma boa notícia, a redução das taxas de juro em relação ao último leilão, mas por esse mesmo motivo, era dispensável o exercício de comparação parva que lhe proporciona o título. Escusava com isso de criar dúvidas sobre o que não diz. Assim ficamos a saber que ambas as taxas de juros foram mais baixas mas porque é que só é comparada numericamente a taxa da maturidade onde a descida foi mais pronunciada? A outra não é notícia?

E toda esta minha indignação porque o título sugere que já estamos a pagar juros mais baixos que a Espanha, mas no corpo da notícia, lê-se que os juros Portugueses do primário são mais baixos que os juros Espanhóis... no secundário!

Mas será possível que Vítor Andrade não saiba que não pode fazer essa comparação em título sem ser mais explícito? O que é que ele teria dito hoje se a Espanha tivesse emitido dívida? Que "Portugal coloca dívida a juros mais baixos do que Espanha, e a Espanha coloca dívida a metade dos juros Portugal"????

Porque se se compara juros no primário de um país com o secundário de outro sem se ser explícito, é em absurdidades dessas que se vai dar.

E já agora, porque é que encontro aqui na plateia dos comentadores, gente que se apresenta como economistas ou com o grito de guerra "contra a batota", e sou eu que tenho que reparar nisto? São mesmo economistas? São mesmo contra a batota?
Re: Arghhh... a quem o jornalista quer enganar?
Re: Arghhh... a quem o jornalista quer enganar?
Re: Arghhh... a quem o jornalista quer enganar?
Re: Arghhh... a quem o jornalista quer enganar?
Então e agora o rigor dos títulos já é importante?
Re: Então e agora o rigor dos títulos já é importa
Re: Então e agora o rigor dos títulos já é importa
Re: Então e agora o rigor dos títulos já é importa
Re: Então e agora o rigor dos títulos já é importa
Re: Então e agora o rigor dos títulos já é importa
Referência:
Alegria enganadora
À priori, uma boa notícia e que nos satisfaz o ego. Na prática, uma péssima notícia, pois se os nossos juros descem, sobem, os espanhóis.
Quer dizer que os nossos vizinhos estão em vésperas de forte crise, que nos vai afectar e de que maneira. É o nosso principal comprador, envia milhares de turistas que fazem consumo considerável, e vamos ser vítimas da austeridade do vizinho.

Não sei mesmo se a pior parte da tempestade ainda está por vir.Não só vai haver quebra de poder de compra em Espanha, como, com o seu orgulho e vaidade, não entrarão na barafunda social, com confrontos de rua e muita confusão.

O melhor é aguardar, e não atirar foguetes, antes de tempo......
Re: Alegria enganadora
O Sócrates" em Espanha saíu mais tarde
Os socialistas em Espanha sairam mais tarde do poder.
Foi pena porque agora a recuperação já estaria à vista.
Este não é um momento de glória.
Este não é um momento de glória porque apenas atravessámos um pequeno troço do duro caminho que temos que percorrer para sair do lugar tormentoso onde o socialismo irresponsável nos deixou. Antevejo que no percurso de saída tendencialmente o caminho será menos agreste mas terá sempre zona de alto risco. O governo estará de parabéns quando colocar Portugal na zona segura, sem dependências da "troika", o que não vai acontecer já amanhã.
Estouro hiperinflaccionário or GLASS-STEGAL
Re: Estouro hiperinflaccionário or GLASS-STEGAL
O mercado da dívida está extremamente volátil
Por isso não podemos tirar conclusões precipitadas obviamente. Se a colocação de dívida correu bem a 12 meses o mesmo já não irá suceder provavelmente nas maturidades mais longas.
Para além disso estamos perante um elevadíssimo risco sistémico do provável resgate da Espanha, mesmo que por via indirecta através do FEEF que poderá injectar milhões no fundo de garantia para "salvar" a banca espanhola. Rajoy bem pode vociferar contra os "men in black" mas não me admiraria se brevemente não tenha que meter o "rabinho entre as pernas".
Com a derrocada parcial da "armada espenhola" os fundamentais da economia portuguesa vão agravar-se ainnda mais...
Por tudo isto é muito cedo para enbandeirarmos em arco só por que colocámos dívida a 12 meses a uma taxa de 3,834%...
Os jornalistas sabem isso perfeitamente mas o que interessa são títulos de formato tablóide !
OS MERCADOS JÁ CHULARAM PORTUGAL!
Agora toca a outros! Não pode ser sempre aos mesmos!
ERA DE ESPERAR!
Portugal, nos empréstimos de curto prazo, está sob a protecção da troika. O risco de incumprimento é nulo...

A Espanha, por outro lado, está numa escalada de aumento do risco de incumprimento!

Estas notícias não são nada boas para Portugal...

Se a Espanha cia, para além da ecatombe a nível europeu (se é que o Euro resiste), Portugal apanha por tabela, dado que os espanhois são os nossos principais parceiros comerciais!

Vêm aí grandes tempestades!!!
Artigo enganador que dá uma ideia errada
É preciso relembrar que Portugal está protegido nas maturidades a curto prazo pelo chapeu da troika ao contrário da Espanha.

O nosso problema são as maturidades de médio longo prazo , aliás foram essas que obrigaram o país a pedir o resgate e é nessas que Portugal tem de descer para conseguir regressar aos mercados.

Nessas maturidades nomeadamente a 5 e a 10 anos continuamos ao nível das taxas bem à frente da Espanha.

Por isso é preciso muito cuidado na elaboração destes artigos para não se dar uma ideia completamente errada da realidade e enganar as pessoas com isso.

Porque é isso que este artigo está a dar , quem ler isto e tenha poucos conhecimentos , cheg à conclusão errada que já estamos melhor que a Espanha , o que é falso , já que em praticamente todas as maturidades continuamos a pagar um premio maior.
As melgas doentias tiveram mais uma má noticia.
PARABÉNS AO GOVERNO , AO VICTOR GASPAR, JUROS A 3%

POR ONDE ANDAM ESSES ECONOMISTAS

DA POLITICA DA TERRA QUEIMADA

OS DE SEMPRE

SOCIALISTAS ENVERGONHADOS

CONTRA A AUSTERIDADE EXCESSIVA

OU O COMUNISTA CAVIAR BEBE DANIEL OLIVEIRA

O

GOVERNO CONSEGUIU RECUPERAR EM TODA A LINHA A CREDIBILIDADE DO PAÍS

JÁ ESTAMOS A POUPAR MILHÕES EM JUROS

AGUARDO COM ANSIEDADE A EXECUÇÃO ORÇAMENTAL DO 1º SEMESTRE QUE

JÁ INCLUIRÁ MENOS 5% DO 13º

NO 4º TRIMESTRE VAI APARECER ALGUM INVESTIMENTO E CRIAÇÃO DE EMPREGO

PARA APROVEITAR O NATAL

COMO O CAVACO ACHO QUE O PIB SERÁ

- 2,5% (HAVIA PREVISÕES DE - 4%)

Re:Esse filme vai estrear em que cinema????
OS TRAIDORES QUE QUEREM O MAL DO PAÍS, OS NÚMEROS
Re: OS TRAIDORES QUE QUEREM O MAL DO PAÍS, OS NÚME
!!! Censura no Expresso Online !!!
Re: PARABÉNS AO GOVERNO , AO VICTOR GASPAR, JUROS
Re: PARABÉNS AO GOVERNO , AO VICTOR GASPAR, JUROS
Mas alguém fala disto?
O que é mais espantoso nesta notícia é o facto de passar quase despercebida. Com exceção do Expresso e dos jornais económicos, não vi nenhum outro jornal online a pegar no tema. Nem, muito menos ainda, os noticiários televisivos. Bem sei que isto não agrada a muito profeta da desgraça e aos arautos das esquerdas que acham que são os donos da verdade e da moral. E também sei que as notícias alarmantes, negativas e dramáticas é que vendem. As boas não. Ainda bem que (pelo menos hoje) o Expresso soube manter a objetividade e dar o relevo que a noticia merece.
Onde pára a desgraça
Quando li esta notícia desconfiei que fosse um jornal estrangeiro, mas depois confirmei, pelo n.º de comentários, que estava mesmo em Portugal!
Re: Portugal coloca dívida a juros mais baixos do
Economistas de vão de escada... como, aliás, o jornalista, de vão de escada.
O Euro e os Custos de Financiamento.
O Euro e os Custos de Financiamento. >>>> boom-or-doom.blogs.sapo.pt/5892.html
Comentários 34 Comentar

Últimas

Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub