Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Soares e as propostas socialistas: "Naturalmente, sou a favor do PS. Gosto das ideias"

  • 333

Mário Soares não faltou às comemorações do 42.º aniversário do PS, durante a Festa da Democracia, no Pavilhão Rosa Mota, no Porto

José Coelho/Lusa

Instado a comentar o programa económico do PS, Mário Soares disse à saída da prisão de Évora, onde fora visitar José Sócrates, estar agradado com as soluções para o país apresentadas pelo partido.

Mário Soares voltou esta quarta-feira a visitar José Sócrates, "um grande amigo", o que aconteceu pela terceira vez desde que o antigo primeiro-ministro está detido no Estabelecimento Prisional de Évora. À saída, reiterou a sua crença na inocência de Sócrates e disse estar satisfeito com as propostas mecroeconómicas do PS para o país, anunciadas na véspera.

"Não se sabe porque está ele preso. Já houve algum julgamento? Que raio de justiça é esta? Não há ninguém que diga que ele [Sócrates] tenha praticado um crime", declarou o fundador do PS à saída da prisão de Évora.



Questionado sobre as propostas económicas do PS apresentadas esta terça-feira, Mário Soares limitou-se a dizer que está agradado com as soluções do partido. "Isso não vem a propósito, mas sou a favor naturalmente do PS. Gosto das ideias, claro que gosto", respondeu Soares.

Lembrando que os militantes e simpatizantes do PS gritavam "Soares é fixe", sobretudo os seus amigos, o histórico socialista disse considerar-se também "fixe".

No último domingo, Mário Soares defendeu o PS é a solução para um país menos desigual, tendo também elogiado os líderes partidários após a Revolução. "O PS é a esperança num mundo melhor, num mundo menos desigual. Viva a liberdade, viva a social-democracia", afirmou num discurso a propósito das comemorações do 42.º aniversário do PS, no pavilhão Rosa Mota, no Porto.