Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PSD à frente na contagem dos votos

  • 333

FOTO Tiago Petinga/Lusa

Com 32 freguesias apuradas, os sociais-democratas estão em primeiro com 51,7%.

Marta Caires, correspondente na Madeira

Os primeiros resultados conhecidos das eleições regionais da Madeira colocam o PSD em primeiro e muito à frente do segundo partido mais votado, o CDS, que tem apenas 15,7%. A coligação Mudança aparece logo atrás com 11,3%. A quarta força mais votada é o JPP, o partido legalizado em janeiro e nascido de um movimento de cidadãos, com 5,3%.

As freguesias do Funchal ainda não estão apuradas, que têm um peso significativo no resultado final.



Sem sondagens à boca das urnas, as 11 candidaturas não fizeram ainda comentários aos resultados e só houve reações em relação à abstenção que foi de 49%, um valor muito alto. Também é certo que na Madeira há pelo menos 50 mil eleitores fantasma.

À medida que são divulgados os resultados das legislativas regionais de algumas das 54 freguesias da Madeira, na sede do PSD regional, no Funchal, vão sendo audíveis aplausos por parte dos poucos militantes que estão no edifício.



O líder regional e cabeça de lista social-democrata, Miguel Albuquerque, já estava nas instalações, reunido com a sua equipa, pelas 20h00.



Na sede do PSD, desta vez sem a presença de Alberto João Jardim, que presidiu à estrutura partidária desde a sua fundação e que viajou para a ilha vizinha do Porto Santo para gozar as férias da Páscoa, a expectativa é de conquista de mais uma maioria absoluta.



Foi com maioria absoluta que Jardim governou a região durante quase 40 anos.

Nos televisores distribuídos pelo espaço, nos primeiros momentos, é também acompanhado o jogo Portugal-Sérvia.



A confirmar-se a tendência dos resultados provisórios divulgados pelo Ministério da Administração Interna, o PSD pode estar à beira de conquistar a 11.ª vitória numas eleições legislativas regionais.

[Atualizada às 21h19]