Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PS sem dinheiro renegoceia dívida com a banca

  • 333

António Costa, secretário-geral do PS

Alberto Frias

Partido pede empréstimo de €1,5 milhões para pagar campanha. Concelhias com rendas em atraso e água e luz cortadas. Dívida à banca de €11 milhões pode levar a hipoteca de sedes.

Bernardo Ferrão e Cristina Figueiredo

Sem liquidez nos cofres e com um passivo que ascende a 11 milhões de euros, o PS pediu um empréstimo à banca para poder enfrentar as despesas com a campanha para as legislativas.

Socialistas estão a pensar hipotecar sedes para pagar dívidas.

Leia mais na edição do Expresso deste sábado.