Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PCP considera "esfarrapadas" justificações de Passos

  • 333

Os comunistas querem que Passos Coelho esclareça a sua situação perante a Segurança Social. 

O PCP anunciou hoje que exigirá ao primeiro-ministro "um cabal esclarecimento" sobre a sua situação perante a Segurança Social, considerando que as justificações até agora transmitidas por Pedro Passos Coelho podem ser classificadas como "esfarrapadas".

Esta posição foi assumida por Jorge Cordeiro, membro do Secretariado e da Comissão Política do PCP, após o jornal Público ter noticiado no sábado que, entre outubro de 1999 e setembro de 2004, Pedro Passos Coelho acumulou dívidas à Segurança Social, tendo decidido pagá-las voluntariamente em fevereiro, num total de cerca de quatro euros.

"Sem que este episódio faça esquecer o que de mais grave tem a política deste Governo, a verdade é que as justificações que até agora foram conhecidas pelo primeiro-ministro - como popularmente se diz - são justificações esfarrapadas", sustentou Jorge Cordeiro.