Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Passos e Portas anunciam hoje coligação

  • 333

FOTO MARCOS BORGA

Líderes anunciam às 20h00 que vão coligados às legislativas. Portas adiou viagem que tinha marcada. Direções dos partidos apanhadas de surpresa. Costa ajudou a antecipar?

Pedro Passos Coelho e Paulo Portas anunciam hoje, às 20 horas, num hotel de Lisboa, que vão propôr aos respetivos partidos uma coligação pré-eleitoral para para as legislativas. As direções do PSD e do CDS sabiam que a coligação seria anunciada dentro de dias, mas a data foi uma total surpresa.

Como o Expresso Diário anunciou ontem, a coligação estava fechada e seria anunciada em breve, previsivelmente em maio. Fontes da maioria garantiam que, depois de terem conseguido chegar a acordo sobre as grandes linhas de política orçamental e económica, resumidas no Programa de Estabilidade a entregar pelo Governo em Bruxelas, tudo o resto era "muito fácil". 

O anúncio, que a direção do PSD chegou a dizer só estar previsto para depois do aniversário do partido a 6 de maio (na semana passada o próprio Passos disse ao Conselho Nacional do PSD que era cedo e que convocaria outra vez aquele órgão quando fosse altura de tratar o assunto) acabou, afinal, por ser antecipado, simbolicamente para o 25 de abril. E para quatro dias depois de António Costa anunciar o seu programa económico.

A distribuição de lugares nas listas de deputados terá sido acordada por Passos e Portas no respeito pela regra da proporção que os dois partidos tiveram nas últimas legislativas, com uma ou outra exceção.

No dia em que Cavaco Silva pediu um esforço de compromisso aos partidos, os dois líderes roubam-lhe o palco e preparam-se para anunciar que vão, juntos, dar luta a António Costa por uma maioria absoluta nas legislativas.