Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Passos e Crato inauguram escolas já inauguradas

Em plena pré-campanha eleitoral para as autárquicas, o primeiro-ministro e o ministro da Educação vão inaugurar dois centros escolares em funcionamento há vários meses. (notícia atualizada quarta-feira às 12h45)

Carlos Abreu

Jornalista

Os dois centros escolares que o primeiro-ministro e o ministro da Educação pretendem inaugurar esta quarta-feira no concelho de Oliveira do Bairro já estão em pleno funcionamento há vários meses. A denúncia partiu do candidato do CDS-PP à câmara local, Paulo Caiado.

O Centro Escolar de Bustos (114 alunos), onde Passos Coelho e Nuno Crato deverão chegar pelas 10h, foi inaugurado a 18 de março deste ano, no dia em que esta freguesia comemorou 93 anos de existência.

Segundo a edição de 21 de fevereiro do "Jornal da Bairrada" "a obra foi benzida pelo padre Manuel Arlindo e, depois de uma visita guiada pelo presidente da Câmara [Mário João Oliveira, candidato pelo PSD], mereceu aplausos de todos os presentes".

O Centro Escolar do Troviscal (77 alunos), onde os dois governantes estarão pelas 11h10, "abriu portas na manhã de 23 de fevereiro de 2012, após as miniférias de Carnaval", há cerca de 18 meses, conta o "Jornal da Bairrada" de 1 de março desse ano.

"O momento de abertura oficial do Polo contou com a presença das várias individualidades políticas do concelho entre as quais o executivo da Câmara Municipal (também Jorge Mendonça, CDS-PP, e Henrique Tomás, PS), do presidente da Junta de Freguesia do Troviscal, de deputados e do presidente da Assembleia Municipal", conta ainda o jornal.

Em comunicado enviado ao Expresso, o candidato do CDS-PP garante que não participará "no almoço convívio oferecido pela Câmara Municipal liderada por Mário João Oiliveira, após as caricatas e bizarras inaugurações".

A presença dos dois governantes na inauguração dos centros escolares e na visita à Escola Básica e Secundária de Ferreira de Castro, Lações de Cima, Oliveira de Azeméis, consta da agenda enviada aos órgãos de comunicação social pela assessoria de imprensa do Ministério da Educação. 

Atualização

Questionado pelos jornalistas sobre o facto de estar a inaugurar um centro escolar que já tinha sido inaugurado, Passos Coelho desvalorizou o assunto. "O senhor presidente da Câmara é que poderá esclarecer isso", começou por dizer.

"O convite que me fizeram foi para inaugurar uma escola. Não há nenhuma razão para os equipamentos, estando concluídos, ficarem à espera de uma inauguração oficial, devem ser utilizados", defendeu, mas o facto é que o Centro Escolar do Troviscal já tinha sido inaugurado oficialmente no ano passado.

O primeiro-ministro deixou também elogios à comunidade local por "cooperar de forma estreita na partilha de gestão e talentos" e assegurou que já acabou "o psicodrama da reabertura do ano escolar, como acontecia noutros anos, e tudo decorre com normalidade."