Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Governo considera "boa notícia" manifestações de interesse no Novo Banco

O ministro da Presidência e dos Assuntos Parlamentares, Luís Marques Guedes, após o último Conselho de Ministros de 2014

Miguel A. Lopes / Lusa

Luís Marques Guedes confirma a existência de vários interessados no Novo Banco, mostrando-se satisfeito com a forma como está a decorrer o processo de venda. "É a demonstração de uma boa saúde do sistema financeiro", sublinhou o ministro da Presidência e Assuntos Parlamentares.

Na conferência de imprensa após o último conselho de ministros de 2014, Luís Marques Guedes afirmou que o Governo está satisfeito com o processo como está a decorrer a operação de venda do Novo Banco.

Questionado sobre o processo de venda do Novo Banco, o porta-voz do Conselho de Ministros declarou que, apesar de não conhecer "quem são as entidades interessadas", "é uma boa notícia" a operação de venda estar a decorrer dentro da normalidade.

"É uma boa notícia, o Governo entende obviamente que é uma boa notícia, quer o facto de o processo estar a decorrer normalmente, quer ter havido manifestações de interesses várias, o que demonstra alguma competitividade e concorrência que é sempre salutar nestes processos", sublinhou Marques Guedes. E acrescentou que esta "é uma demonstração de uma boa saúde por parte do sistema financeiro".

Ainda assim, realçou que, por se tratar da alienação de um banco privado, este é um processo que não tem diretamente a ver com o Governo, mas com o supervisor, o Banco de Portugal.

Recorde-se que BPI, Santander, Banco Popular, o grupo chinês Fosun e fundo americano Apollo já formalizaram o seu interesse pela aquisição do Novo Banco junto ao Banco de Portugal. O prazo para manifestar formalmente esse interesse termina esta quarta-feira, às 17h.