Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Costa diz que Guterres será o "melhor" candidato para as presidenciais

António Costa diz sentir-se apoiado pela "esmagadora maioria" dos militantes socialistas

Lucília Monteiro

O candidato do PS a primeiro-ministro defendeu, em entrevista ao "Público", que António Guterres "era seguramente o melhor que a esquerda poderia ter" nas eleições presidenciais.

António Costa disse acreditar que António Guterres será o "melhor" candidato para as eleições presidenciais: "Acho que seria um privilégio para o país poder ter o engenheiro António Guterres como Presidente da República", declarou em entrevista ao "Público."

O autarca de Lisboa e candidato do PS a primeiro-ministro nas primárias do partido, quando questionado sobre se Guterres seria o melhor candidato da esquerda, respondeu perentório: "era seguramente o melhor que [a esquerda] poderia ter".

António Costa diz sentir-se apoiado pela "esmagadora maioria" dos militantes socialistas, que acreditam na sua política para o país. "Estou aqui para afirmar uma alternativa ao Governo do PSD e CDS. E afirmar qual é a alternativa política que acho mais relevante, que melhor serve os interesses do país e melhor serve o futuro dos portugueses", afirmou.

Disposto a dialogar com todos, António Costa sublinha que é "possível ter graus de relacionamento muito diverso com o PCP", mas que entendimentos de governação com PSD só serão possíveis se o partido tiver uma nova direção. 

Confrontado com uma eventual aproximação de Ana Drago e Daniel Oliveira ao PS, o socialista diz ver com olhos essa situação: "Não é possível que parte da esquerda considere que deve ser apenas voz de protesto e nunca a voz da solução para os problemas do país."

O candidato do PS a primeiro-ministro referiu ainda que apresentará o programa de Governo antes das legislativas e depois do Congresso do PS, sublinhando não "ver razão" para que António Seguro não tenha lugar nas listas do partido.