Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Costa 'dispensa' Roseta em Lisboa

  • 333

Após o acordo com um independente, o PS negoceia com o MPT na Assembleia Municipal.

O PS tem em marcha um plano B para governar a capital sem os votos dos Cidadãos por Lisboa (CpL), liderados por Helena Roseta, decisivos para a maioria na Assembleia Municipal. Os aliados na Câmara estão em choque sobre a isenção de taxas urbanísticas ao Benfica.

Decorrem negociações do PS com o MPT (com um deputado municipal), o que permitirá aos socialistas chegar aos 38 mandatos (depois de no início da semana terem conseguido o apoio do independente que preside ao Parque das Nações). Aquele número garante uma maioria absoluta na Assembleia, dispensando os seis eleitos do movimento de Roseta.

José Inácio Faria, líder do MPT, confirmou ontem ao Expresso que tem havido "conversas informais" com os socialistas. Faria reconhece que "há uma pressão do PS em Lisboa, em relação ao voto que lhes falta" na Assembleia, mas diz também que se trata de uma "negociação mais alargada", sem querer especificar. Recorde-se, os dois partidos estão coligados na Madeira. Segundo o presidente do MPT, foi uma deputada municipal do PS quem abordou o eleito do MPT na Assembleia e lhe pediu uma "sensibilização para a questão das taxas do Benfica".