Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Rui Rio debateu com bispo do Porto a pobreza e baixa natalidade em Portugal

Rui Rio não faria alterações significativas à lei laboral por considerar que não foi impedimento, até agora, para a contratação

MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Rui Rio debateu as questões da natalidade e da pobreza com o bispo do Porto mas não falou da eutanásia. Nessa matéria, "ninguém vai convencer ninguém", disse o líder do PSD

O presidente do PSD, Rui Rio, foi recebido pelo bispo do Porto, Manuel Rodrigues Linda, com quem disse ter abordado as questões da baixa natalidade e da pobreza em Portugal. Em declarações no final do encontro que decorreu no Paço Episcopal da Diocese do Porto, Rui Rio declarou que a audiência privada permitiu "abordar e conversar sobre questões que podem ser transversais a um partido político e à igreja". "A questão da natalidade e da política para a infância", foi um dos pontos revelados pelo dirigente social-democrata do encontro com Manuel Rodrigues Linda.

Rui Rio lembrou a recente introdução pelo PSD de "um documento que está em debate público, aberto, para as pessoas darem sugestões".
O mesmo documento, referiu o dirigente político, foi "também entregue ao bispo" para eventual contributo deste. Dando conta de que ainda no decurso desta semana vai "dar os primeiros passos de luta contra a pobreza", Rui Rio anunciou "diversas visitas" nesse âmbito, para conhecer melhor uma "matéria que, naturalmente, preocupa a igreja" e que foi também abordada.

Questionado sobre se a questão da eutanásia tinha feito parte do encontro, que durou cerca de 40 minutos, Rui Rio disse que não. "Ninguém precisa de falar sobre isso porque cada um tem a sua posição e ninguém vai convencer ninguém", disse ainda o líder social-democrata, numa referência à questão da despenalização da eutanásia, que foi rejeitada no parlamento no final de maio.