Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Sócrates vai contar aos estudantes a sua experiência da crise

Nuno Botelho

O ex-primeiro-ministro é o único orador numa conferência sobre “O projeto europeu depois da crise económica” que núcleo de estudantes de Economia organiza em Coimbra

Luísa Meireles

Luísa Meireles

Redatora Principal

José Sócrates será o único orador na quarta conferência organizada pelo núcleo de estudantes da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, que se realiza na próxima quarta-feira, às 14h15, no auditório daquela faculdade.

"José Sócrates foi primeiro-ministro nos anos da crise na sequência da falência do Lehman Brothers e por isso achámos interessante que pudesse fazer uma retrospetiva do que foi a sua ação e o seu pensamento nesse período", diz ao Expresso Simão Carvalho, presidente daquele núcleo de estudantes. "É um tema atual – afirma – tendo em vista as atuais consequências da crise, desde a ascensão dos movimentos populistas, às diversas fragilidades da União Europeia, o Brexit, etc."

O ciclo de conferências já vai na sua quarta palestra e visa, de acordo com o estudante, "transmitir conhecimentos aos estudantes". No caso concreto, o núcleo considerou que apesar de o ex-governante ser uma figura controversa, "é incontornável no panorama político português", pelo que faz sentido "ouvir o seu ponto de vista do que eram os seus projetos para encontrar uma solução para a crise".

O ciclo abriu em fevereiro com uma conferência com Pedro Passos Coelho sobre o Oçamento de Estado 2018, a que seguiu uma outra sobre o Governo de António Costa (com Jorge Coelho e Marques Mendes) e outra sobre a evolução do sistema bancário, na qual foi oradora Teodora Cardoso, a economista que lidera o Conselho das Finanças Públicas.

Tal como as primeiras conferências, os estudantes estão à espera de "casa cheia".