Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Sousa Tavares: “Quanto mais alto é um dirigente político, menor deve ser a sua imunidade”

Miguel Sousa Tavares considera que "o tribunal não podia ficar eternamente à espera que Angola notificasse Manuel Vicente" no processo da Operação Fizz. O comentador SIC afirma que o ex-vice-Presidente angolano "vai ser o ausente mais presente" do julgamento e defende que "quanto mais alto é um dirigente político, menor deve ser a sua imunidade".