Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Santana Lopes: "Conto com todos"

O candidato a líder do PSD já votou e disse que a sua principal tarefa é "unir o partido"

Luísa Meireles

Luísa Meireles

Redatora Principal

"Quer faça Sol ou faça chuva, por favor venham votar", foi o apelo de Pedro Santana Lopes depois de ter votado nas eleições diretas para a nova liderança do partido, à qual é candidato.

Santana Lopes votou logo a seguir a Pedro Passos Coelho, tendo-se cruzado com ele nas instalações do hotel de Lisboa onde decorre a votação. O encontro, disse, foi um "bom sinal".

Se for eleito, Santana Lopes disse que a sua principal tarefa será "unir o partido", para o que conta com todos, afirmou, ao responder a uma pergunta dos jornalistas se contaria com Rui Rio.

Mas por enquanto, o candidato quis sobretudo transmitir um grande apelo à votação, para que o PSD desse "uma grande prova de força", dando ao país "uma lição de vitalidade". "Estou bastante confiante para ganhar as batalhas que nos esperam nos próximos dois anos", reiterou ainda.

Pedro Passos Coelho teve duas vitórias, não há duas sem três, espero que haja uma terceira vitória do partido, rematou.

  • O filme da campanha no PSD em 36 soundbites

    São 36 frases – 18 de Rui Rio e outras tantas de Santana Lopes – que marcaram a luta pela liderança do PSD. Falam dos objetivos e da vitória, do passado, da relação com António Costa e o PS, da direita. E trocaram picardias: “sou mais estável”, disse Rio, que Santana acusou de ter uma “visão limitada e paroquial”