Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Dijsselbloem distrai-se e dá Centeno como seu sucessor no Eurogrupo

STEPHANIE LECOCQ / EPA

Lapso do ainda presidente do Eurogrupo aconteceu nas declarações prestadas à entrada para a reunião desta tarde, que vai escolher o sucessor do ex-ministro das Finanças holandês

"Sou presidente do Eurogrupo até 12 de janeiro e Mário Centeno sê-lo-á a 13", disse esta tarde Jeroen Dijssembloem, falando aos jornalistas, à entrada para a reunião do Eurogrupo, em Bruxelas, que vai escolher o novo líder.

Um lapsus linguae de imediato corrigido pelo ex-ministro das Finanças holandês, que de imediato acrescentou: "Eu disse Mário Centeno? Obviamente, não sei quem vai ganhar. Aparentemente, o nome dele estava na minha cabeça. Façam-me um favor; não me citem sobre este tema".

O ainda presidente do Eurogrupo tentou retirar e corrigir o que tinha dito, mas as declarações aos jornalistas estavam a ser transmitidas em direto e ficaram gravadas no site de broadcast da Comissão Europeia.